opinião

Opinião: “Setúbal é a casa do meu corpo e alma.”

Leia a crónica exclusiva do músico e fotógrafo Rui David para a New in Setúbal.
Arrábida. Foto: Rui David Fotografia.

Setúbal foi o Hospital onde nasci, a primeira casa dos meus pais onde morei, a primeira rua onde brinquei e o primeiro jardim que conheci. Setúbal foi o vento e a chuva dos meus invernos, o Sol e o calor de verão.

O rio e a pesca com o meu pai e as idas à praça com a minha mãe. Do cimo do ferry (no topo do meu Mundo), a visão das alforrecas que pintalgavam o rio e dos golfinhos que, por vezes, apareciam, dançando e enchendo de alegria o meu pequeno coração.

Setúbal foi a minha adolescência, os meus namoricos e as farturas da feira. As praias da Arrábida, o Seagull e a descoberta da noite. A escola D. João II, o basquetebol no Vitória e a banda do meu irmão. Também eu quis ser músico e nesse aspeto Setúbal foi também a semente.

Setúbal foi as minhas lutas, as minhas vitórias e as minhas derrotas. Foi também a saudade em cada ausência e a felicidade em cada reencontro. Setúbal ensinou-me a valorizar e a respeitar a natureza, através da imponente beleza das suas paisagens de tons verdes e azuis, que posam vaidosas na minha fotografia.

Setúbal é a mulher da minha vida e os meus filhos, a minha família e os amigos.

Setúbal é a raiz de todas as minhas memórias, o consolo para os meus lamentos e a inspiração para as minhas artes.

Setúbal é a casa do meu corpo e alma.

Rui David é o vocalista da banda Hands on Approach. Foto: Rita Carmo.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA