na cidade

Vídeo da Ocean Alive vence concurso internacional da ONU

A produção, da autoria da bióloga Raquel Gaião Silva foi distinguida, no “The Global Youth Video Competition”.
Boas notícias para Setúbal.

A Ocean Alive, a primeira cooperativa em Portugal dedicada à proteção do oceano está novamente de parabéns. O vídeo produzido pela bióloga portuguesa, Raquel Gaião Silva sobre o trabalho desenvolvido pela cooperativa na proteção das pradarias marinhas venceu o concurso de jovens repórteres, “The Global Youth Video Competition” (Concurso Global de Vídeos da Juventude), na categoria, “Cidades e Ação Local no Combate às Alterações Climáticas”.

Natural de Viana do Castelo, a jovem de 24 anos é voluntária na Ocean Alive há cerca de três anos e, assim que soube da abertura do concurso, não hesitou em contactar a organização. Ao longo dos 19 dias de votação, o vídeo obteve mais de 46 mil visualizações e atualmente já ultrapassa as 55 mil.

Os vídeos finalistas são exibidos na Cimeira do Clima da ONU, no próximo dia 23 de setembro, segunda-feira, em Nova Iorque. Raquel Silva, juntamente com os restantes jovens vencedores das três categorias vai poder participar em dezembro, na conferência do COP25, no Chile.

Além de apresentar o projeto que inspirou o vídeo, o vencedor ganha ainda o estatuto de Embaixador da Juventude para as Alterações Climáticas e apoia a ONU na cobertura jornalística da conferência, através da produção de artigos e vídeos. 

Carregue na imagem e veja o vídeo premiado, no concurso. 

tags: Cimeira do Clima, concurso internacional, Ocean Alive, ONU, pradarias marinhas, Raquel Silva, vídeo