na cidade

Vem aí uma semana de céu nublado e aguaceiros em Setúbal

O concelho está sob aviso amarelo esta segunda e terça-feira devido à previsão de trovoadas.
Tome nota das previsões.

Apesar de a tempestade Danielle ter passado, as nuvens vieram para ficar no concelho de Setúbal. Esta terça e quarta-feira, 20 e 21 de setembro, também pode contar com alguns aguaceiros ao longo do dia. O outono está-se a instalar e ainda que as temperaturas aumentem nos próximos dias, as nuvens continuam a não dar tréguas esta semana.

Segundo as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) para esta semana, as temperaturas vão variar entre os 26 e os 31 graus, sendo que 26 graus é a temperatura que podemos encontrar na maior parte dos dias, sempre com a presença regular de nuvens e alguma precipitação. 

Esta segunda-feira, 19 de setembro, as temperaturas mínimas vão rondar os 18 graus e as máximas os 31, o que gera uma subida na temperatura, relativamente à semana passada. Terça-feira, 20 de setembro, os termómetros descem para os 28 graus, sendo que as mínimas se mantêm nos 18 graus. Na quarta-feira, 21 de setembro, as temperaturas máximas descem para os 26 graus e a temperatura mínima desce para os 17 graus.

Na quinta-feira, 22 de setembro, apenas sobe a temperatura máxima para os 27 graus. No dia seguinte, sexta-feira, prevê-se que a temperatura desça: 26 de máxima e 16 de mínima. Sábado mantém-se exatamente igual e no domingo, a temperatura máxima é de 25 graus e a mínima desce para os 14 graus. No que toca ao índice de radiação ultravioleta entre esta segunda-feira, dia 19 de setembro e quarta-feira, dia 21 de setembro, estará no grau 5 que é considerado moderado. 

Esta segunda e terça-feira, 20 e 21 de setembro, o concelho de Setúbal está sob aviso amarelo devido a trovada e precipitação. O aviso amarelo para trovoada está em vigor desde as 6h10 desta segunda-feira até à meia-de noite desta terça-feira, 20 de setembro. Já o aviso para aguaceiros, por vezes fortes, que poderão ser de granizo e acompanhados de trovoada e rajadas está em vigor no mesmo período.

Este cenário tem sido habitual desde o início do mês. No segundo fim de semana de setembro, por exemplo, caiu uma das maiores chuvadas dos últimos meses. O mau tempo começou por afetar o norte do País, devido à tempestade que se formou no noroeste da Galiza, mas rapidamente se alastrou ao restante território nacional.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA