na cidade

Vem aí um workshop de improvisação exploratória — já se pode inscrever

A sessão decorre na Casa da Cultura de Setúbal nos dias 25 e 26 de maio.
O espírito de equipa é muito importante.

Nuno Rebelo, músico e compositor português reconhecido como uma das grandes referências da criação nacional, e Vitor Joaquim, improvisador eletrónico, compositor e artista media, vão coordenar o workshop de improvisação exploratória, destinado a todos os músicos que desejam expandir seus horizontes criativos.

Nos dias 25 e 26 de maio, sábado e domingo, ao meio-dia, a Casa da Cultura de Setúbal será palco desta experiência única para artistas de todas as áreas. O workshop será dividido em duas sessões distintas, cada uma delas focada em aspetos específicos da improvisação e composição coletiva.

Na primeira sessão, os participantes terão a oportunidade de explorar territórios sonoros diversificados. Será um momento para experimentar e descobrir, onde serão abordados conceitos fundamentais da improvisação e desenvolvimento coletivo, incluindo enquadramento e contextualização da formação, além de análise crítica. Já na segunda sessão, sob a orientação de Nuno Rebelo, os participantes serão desafiados a produzir e criar peças musicais, utilizando técnicas e abordagens aprendidas no dia anterior.

A iniciativa destina-se a músicos, com ou sem formação, interessados em explorar territórios sonoros diversificados, sejam eles idiomáticos ou não, em contexto de grupo e de composição coletiva, da mais pura acústica à eletrónica. Com um limite de nove participantes, a inscrição custa 30€ e deve ser realizada através do número 265 236 168 ou do email rececao.casacultura@nullmun-setubal.pt.

O evento é organizado pela Câmara Municipal de Setúbal, Música Antiga Associação Cultural e EME Fest.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA