na cidade

Vai viajar de autocaravana? Estas são as dicas que deve seguir para não ser multado

Há cada vez mais portugueses a partir (e dormir) pela estrada, naquele que foi o ano das caravanas. Mas há questões a considerar.
Há cuidados a ter.

2020 foi o ano em que as viagens de autocaravana explodiram em Portugal, havendo quem, no setor do turismo, se refira à estação que agora terminou como o “verão das autocaravanas”.

A pandemia levou a que muitos preferissem viajar e descobrir o País sempre com os seus, a dormir no mesmo local, e levou efetivamente a que muitos novos viajantes pegassem pela primeira vez no volante de um destes veículos. De facto, de acordo com dados da Indie Campers, empresa portuguesa que é a líder no aluguer de autocaravanas a nível europeu, 75% dos portugueses que reservaram entre julho e agosto efetuaram a sua primeira viagem numa autocaravana.

Agora, a plataforma acredita que esta tendência continuará a registar-se nos próximos anos, tendo em conta o aumento de popularidade registado pelo setor, nomeadamente junto do mercado nacional. Por isso, e para ajudar aqueles que se preparam para conduzir uma destas “casas móveis”
pela primeira vez, a empresa preparou quatro conselhos para viajar de forma tranquila e evitar as principais rasteiras de quem viaja numa autocaravana — e respetivas multas.

A primeira tem a ver com a velocidade. Tal como lembra a plataforma, além de ser uma das penalizações mais comuns no mundo rodoviário, exceder o limite de velocidade representa um elevado risco não só para a segurança do próprio condutor como também para a de outros veículos. Como tal, é essencial não exceder os limites estabelecidos de 120 km/hora em autoestradas e 100 km/hora em vias reservadas a automóveis e motociclos (desde que o veículo não exceda 3.500 kg). Por outro lado, em ambientes urbanos ou em cidades, devem ser sempre respeitados os limites que estão estabelecidos nas diferentes estradas.

Se o primeiro conselho é mais geral, o segundo é mesmo específico: multas de estacionamento são um problema real a quem anda de autocaravana. É preciso ter bastante cuidado na altura de decidir onde estacionar uma autocaravana. Se o veículo for estacionado num local onde a vista de qualquer actividade comercial, monumento ou paisagem seja obstruída, ou ainda onde o movimento de outros utilizadores seja dificultado, é possível que o condutor seja multado.

Tenha ainda em conta que se a autocaravana for estacionada correctamente, é possível comer ou dormir dentro do veículo, a não ser que exista um aviso directo indicando o contrário, que convém procurar bem. Contudo, não é permitido tirar cadeiras ou mesas, estender toldos ou artigos semelhantes, despejar quaisquer líquidos ou fazer ruído. Assim, de modo a evitar a aplicação de coimas, a Indie Campers recomenda que o condutor esteja informado sobre os regulamentos existentes das áreas que pretende visitar, sendo que cada câmara municipal é responsável pelos mesmos.

Quanto a uma das dúvidas mais frequentes — qual é a diferença entre acampar e passar a noite? — a plataforma reitera que é permitido passar a noite na autocaravana se não houver um aviso expresso de proibição e caso não seja retirado nenhum elemento na área externa ao veículo. Considera
-se campismo caso haja a utilização de elementos exteriores tais como mesas cadeiras ou toldos). Deste modo, tendo em conta que a prática de campismo só pode ser realizada em locais autorizados, pode ser aplicada uma multa quando esta regra não for respeitada. O condutor também poderá ser multado se despejar líquidos ou deitar lixo em locais não autorizados.

Finalmente sobre acampar em áreas protegidas a empresa lembra o Decreto-Lei n.º 142/2008 que estabelece o regime jurídico da conservação da natureza e da biodiversidade, a prática de campismo ou autocaravanismo (assim como qualquer outra forma de pernoita) é proibida. Em alternativa, os autocaravanistas podem procurar por parques de campismo ou outros locais próximos destas áreas, nos quais será permitido pernoitar cumprindo todos os regulamentos existentes.

tags: autocaravanas, dicas, multas

outros artigos de na cidade

mais histórias de Setúbal