na cidade

Vai nascer um supermercado na antiga rodoviária dos “Belos”

O antigo edifício da gare rodoviária, na Avenida 5 de Outubro, vai transformar-se num Continente do grupo Sonae.
Antiga estação está desativada há dois anos.

A estação rodoviária de Setúbal, conhecida como “Belos” fechou em definitivo no ano de 2021. Desde o seu encerramento, que muito se especulou nas redes sociais sobre o futuro do espaço. De acordo com o jornal “O Setubalense”, a antiga estação rodoviária na Avenida 5 de Outubro que serviu a população sadina durante mais de 50 anos, vai dar lugar a um supermercado.

As obras previstas para o degradado edifício contemplarão a área onde operou a gare e também os quatro andares superiores da infraestrutura, alguns ainda utilizados como habitação. Há cerca de uma semana que estão a decorrer estudos no histórico edifício, com o objetivo de abrir no local um novo supermercado Continente do grupo Sonae. Apesar dos trabalhos em curso, ainda não foi decidida uma das opções em cima da mesa: a demolição do imóvel ou a sua total recuperação. 

A NiS contactou a Câmara Municipal de Setúbal que esclareceu que o edifício “não é propriedade municipal” e que “por regras”, o município não fornece informações sobre promotores imobiliários no concelho.

Os “Belos” deixaram de receber autocarros em fevereiro do ano passado, quando a estação encerrou por estar subdimensionada para a prestação do serviço público de transporte rodoviário de passageiros e devido, principalmente, ao seu avançado estado de degradação.

A Avenida 5 de Outubro acolheu a gare rodoviária em 25 de julho de 1959 pela mão da Transportadora Setubalense. A estação demorou cerca de uma década a ficar concluída, com a empresa dos irmãos João Cândido, António Coelho e José Augusto Belo a solicitar à autarquia, em 1949, autorização para construir “uma estação terminal e intermediária, privativa das suas carreiras”. O primeiro autocarro saiu dos Belos a 25 de julho de 1959, rumo a Cacilhas.

Com o encerramento da mítica estação, a operação de transportes rodoviários de passageiros passou para o novo terminal da Várzea, criado pela Câmara Municipal de Setúbal. A 1 de junho, entrou em funcionamento o novo Interface de Transportes de Setúbal, junto à estação ferroviária na Praça do Brasil, dia em que começaram a operar na cidade os novos autocarros da Carris Metropolitana.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA