na cidade

Setúbal está sob aviso laranja esta quarta-feira devido à previsão de chuva forte

O Serviço Municipal de Proteção Civil e Bombeiros alerta para a possibilidade de cheias na cidade. Tome nota das precauções.
Abrigue-se.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), Setúbal está sob aviso laranja esta quarta-feira, 7 de dezembro, devido à previsão de precipitação forte. O quadro meteorológico esperado para a cidade do Sado inclui a ocorrência de chuva, por vezes forte, acompanhada de trovoada e de rajadas fortes de vento, entre as 15 horas de dia 7 e as 6 horas de dia 8 de dezembro. Além de Setúbal, o aviso laranja estende-se aos distritos de Beja e Faro.

Igualmente por causa da chuva, o IPMA colocou Setúbal sob aviso amarelo entre o meio-dia e as 15 horas de dia 7 e entre as 6 horas de dia 8 e as 6 horas de dia 9 de dezembro. Emitiu ainda aviso amarelo relativo à previsão de agitação marítima para o distrito de Setúbal, com ondas de sudoeste com quatro a cinco metros, entre as 18 horas de 8 de dezembro e o meio-dia de dia 9.

Tendo em conta este quadro meteorológico, o Serviço Municipal de Proteção Civil e Bombeiros de Setúbal adverte para a probabilidade de cheias rápidas em meio urbano, por acumulação de águas pluviais ou insuficiências dos sistemas de drenagem e de inundações por transbordo de linhas de água.

Há também a possibilidade de situações de piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água, inundações de estruturas urbanas subterrâneas com deficiências de drenagem, galgamentos ou inundações costeiras e quedas de árvores ou ramos, de estruturas publicitárias ou de elementos construtivos mais frágeis em edificações. Os passeios na costa e a prática de atividades relacionadas com o mar são igualmente desaconselhadas.

A Proteção Civil sublinha que os efeitos causados pela intempérie podem ser minimizados com a adoção de comportamentos adequados, pelo que recomenda um conjunto de medidas que devem ser observadas pela população. A desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e a retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas são algumas dessas medidas.

Outra é a adoção de uma condução defensiva, com redução da velocidade habitual e especial cuidado com a possível formação de lençóis de água nas vias. Durante estes períodos de condições atmosféricas adversas, não devem ser atravessadas zonas inundadas, dado o perigo de arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas.

As autoridades recomendam ainda especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas e atenção à possibilidade de queda de ramos e mesmo árvores, em virtude de vento mais forte. Há igualmente que efetuar a fixação adequada de estruturas soltas, nomeadamente andaimes, placards e outros elementos suspensos. Durante este período é necessária uma atenção especial às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e das forças de segurança, que, além destas informações genéricas, podem emitir instruções específicas.

Com este tempo, se possível, o melhor é ficar por casa. Caso queira ficar na cozinha, carregue na galeria para conhecer receitas fáceis de replicar.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA