na cidade

Setúbal celebra Dia do Bocage com música, poesia e dança

Um dos destaques do projeto é o concerto do cantor angolano Bonga marcado para o dia 11 de setembro.
Bonga vai atuar no Fórum Luísa Todi.

O Dia do Bocage e da Cidade é assinalado no próximo dia 15 de setembro, quarta-feira. Para celebrar os 256 anos do nascimento do poeta sadino, a Câmara Municipal de Setúbal preparou um mega programa com várias atividades culturais, que vai de dia 10 até 19 de setembro. 

Um espetáculo musical com o projeto Omiri, no Largo de Jesus, inicia o evento comemorativo do feriado municipal de Setúbal. Este projeto de música portuguesa baseia-se em recolhas de vídeos de músicos e paisagens sonoras que servem de inspiração à composição e improvisação musical de Vasco Ribeiro Casais. O concerto está marcado para o dia 14 de setembro, terça-feira, às 21h30 junto ao Convento de Jesus. 

Conheça o programa completo do Dia do Bocage 2021.

10 de setembro

21h30 —  Apresentação do novo álbum “Saturday Moon” pela cantora e compositora holandesa Chantal Acda.

11 de setembro

16h30 — Workshop de tango argentino para os níveis aberto e avançado, inserido no evento “Milonga D’Elmano — Encontro de Tango Argentino”, no Inatel de Setúbal.

20h30 — Palestra, “Como a fotografia influenciou a nossa vida”, conduzida por Francisco Borba, presidente da LASA — Liga dos Amigos de Setúbal e Azeitão no Forte de Albarquel.

21 horas — Leitura de poemas satíricos e eróticos do poeta sadino, epigramas encenados, apólogos e adivinhações, pela associação TOMA — Teatro Oficina Multi Arte, numa animação itinerante acompanhada pela orquestra móvel da Sociedade Musical Capricho Setubalense.

21 horas —  Concerto do músico angolano Bonga, que abre o ciclo de apresentações em Portugal do projeto Língua Terra. Os bilhetes para o espetáculo custam 15€.

21h30 —  Aula aberta de tango, com atuação de bailarinos e música pelo DJ Paulo Bernardo, no Largo da Misericórdia.

21h30 —  Concerto de Ramblers Parade, formação que apresenta canções originais caracterizadas pela fusão entre influências folk e punk-rock junto à Casa da Cultura.

14 de setembro

18h30 — Apresentação do livro “Caminhos com História Memórias dos bairros dos Pescadores e do Grito do Povo”, escrito a partir das histórias de vida das pessoas, dos bairros e dos seus quotidianos.

20 horas — Jantar “À mesa com Bocage”, no qual são recriados pratos da época em que viveu o poeta sadino. 

15 de setembro

9 horas — Cerimónia do hastear da bandeira no edifício dos Paços do Concelho, seguido de uma interpretação do Hino do Município pelo Coro Afina Setúbal e uma cerimónia de homenagem a Bocage, com a habitual deposição de flores na estátua erguida na Praça de Bocage e leitura de poemas pela Associação Cultural TOMA – Teatro Oficina Multi Artes.

10 horas —  Sessão solene, junto ao edifício dos Paços do Concelho, que inclui homenagem aos trabalhadores municipais aposentados.

10 horas — Abertura da Mostra de Saberes e Sabores com a participação de produtores e artesãos locais que dão a conhecer o que de melhor se produz na região.

12 horas — Cerimónia de homenagem ao professor José Fernando Gonçalves, falecido em janeiro. O evento é no EcoParque do Outão, que vai receber o seu nome.

15 horas —  Visitas abertas aos Paços do Concelho com leitura de poemas pela Casa da Poesia de Setúbal.

15 horas —  Visita à exposição “Bocage Polémico. Discutido. Genial” e performance “Antes do início de todas as possibilidades”, dinamizada por Mónica Garcia, no pátio do prédio onde nasceu o poeta.

18 horas — Lançamento do livro, “Vidro Desabitado”, de Joaquim Fernando Fitas, obra vencedora do XXI Concurso Literário Manuel Maria Barbosa du Bocage, organizado pela LASA – Liga dos Amigos de Setúbal e de Azeitão, com apoio do município.

21 horas — Aula aberta conduzida pelo historiador setubalense Diogo Ferreira, com o tema “A Greve Geral Revolucionária de 18 de janeiro de 1934 à beira Sado: O descuido estratégico e a ausência da Barcelona portuguesa”.

21h30 — Apresentação do novo CD da fadista Deolinda de Jesus, que terá como convidados Alfredo Santos e Marcelo Costa, na Casa da Baía.

16 de setembro

10 e 11 horas — Oficina “Era uma vez… Um filme… Um Poeta” no Espaço 50 Cuts.

17 de setembro

21 horas — “Bocage à Solta”, na Casa da Baía, com a exibição de uma curta-metragem, declamação de poesia e um momento musical, com a participação do PICA – Projeto de Intervenção Cultura e Artes.

21h30 — Concerto dos The Twist Connection junto à Casa da Cultura.

18 de setembro

16h30 — 17.º Festival de Bandas Filarmónicas da Cidade de Setúbal, organizado pela Câmara Municipal em parceria com a Sociedade Musical Capricho Setubalense, no Auditório José Afonso.

19 de setembro

18 horas — Conversas com Realizadores, às 18h00, no Cinema Charlot – Auditório Municipal, com a atriz São José Correia a falar sobre o percurso como realizadora.

As Comemorações Bocagianas 2021 encerram com um concerto de Noiserv, às 21h30, no Coreto da Avenida Luísa Todi, integrado no projeto “Uma volta a Portugal em 8 coretos”, que promove a fusão entre o património e a música contemporânea num espetáculo audiovisual único. Pode consultar o programa completo do Dia do Bocage no site do município de Setúbal. 

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA