na cidade

Setúbal celebra Dia da Mulher — e há exposições, música, teatro e cinema

"Estórias de (Des)Igualdade" é o tema do programa Março Mulher 2019, que se estende até maio com várias atividades na cidade.
Conheça a programação completa.

O Dia Internacional da Mulher, 8 de março está quase a chegar e o município de Setúbal preparou várias iniciativas para celebrar a data. O programa Março Mulher 2019, com o tema  “Estórias de (Des)Igualdade” inclui exposições, música, teatro, cinema, palestras, encontros literários e workshops entre março e maio em vários espaços da cidade.

O ponto alto das festividades acontece mesmo a 8 de março, sexta-feira, com o evento “Conversas e Outras Cenas sobre (Des)Igualdade”, que se realiza ao longo do dia, na Praça de Bocage. O objetivo é a partilha de ideias sobre a importância da igualdade de género.

Confira a programação completa, com todas as atividades dia a dia.

7 de março

15 horas — Encontro literário com a escritora Alice Brito sobre o livro “As Mulheres da Fonte Nova”, no Centro de Cidadania Ativa.

8 de março

10 horas — Encontros literários sob o tema “Experiências de Vida/Mulheres na Literatura”, com apresentação de livros de cinco autoras, na Biblioteca Pública de Setúbal.

21 horas — Palestra por Ana Hatherly, no Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal (MAEDS). Participam na sessão Fernando Aguiar, Isabel Carlos, Irene Buarque e Paulo Pires Vale.

21h30 — Concerto do projeto de Marta Dias e Carlos Barreto Xavier de apresentação do álbum “Bandida”, no Fórum Municipal Luísa Todi. Os bilhetes custam 12€.

9 de março

15 horas — Apresentação pública da obra de Alice Brito, “As Mulheres da Fonte Nova”, no Museu do Trabalho Michel Giacometti.

16h30 — Inauguração da exposição coletiva de artes plásticas “Artistas no Feminino”, na Biblioteca de Azeitão. Para ver até 30 de março, sábado, de segunda a sexta-feira das 9 às 12h30 e das 14 às 17h30 e aos sábados das 14 às 18 horas.

18 horas — Concerto do projeto “Segue-me à Capela”, grupo de sete mulheres que trabalha a música tradicional portuguesa numa perspetiva contemporânea.

16 de março

18h30 — Exibição do filme “Portugal tem Lata”, de Rui Pregal da Cunha e João Trabulo e apresentação da peça de teatro “Mulher Conserveira”, pelo projeto Tradições da Junta de Freguesia de São Sebastião, no auditório do Cinema Charlot.

23 de março

16 horas — Sessão “A Casa da Poesia ConVida”, com Iolanda Rodrigues, diretora da Academia de Dança Contemporânea de Setúbal, na Biblioteca Pública de Setúbal.

29 de março

21 horas — Mesa redonda “Feminismo e Arqueologia”, com a participação de Jacinta Bugalhão, Joaquina Soares e Sara Brito, no Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal (MAEDS).

Ao longo do mês de março, a iniciativa “Estórias de (Des)Igualdade” tem como objetivo a construção de uma biblioteca humana, no Centro de Cidadania Ativa, Centro Social e Paroquial de São Sebastião e na Escola Secundária de Bocage. Os participantes, que já se podem inscrever através dos contactos 913 128 030 ou 265 547 450 são convidados a contar uma “estória” sobre a temática da desigualdade, que depois vai integrar uma exposição física ou uma biblioteca digital no Youtube.

O programa Março Mulher 2019 continua em abril e maio com outros eventos, com destaque para o Arraial MM19 a 18 de maio, sábado. A festa, na Fonte Nova vai ter gastronomia, atuações culturais e artesanato. As comemorações incluem também o “Março Mulher Fora do Armário” sobre as comunidades LGBTI.

As atividades são organizadas pela SEIES — Sociedade de Estudos e Intervenção em Engenharia Social, em parceria com a Câmara Municipal de Setúbal e com o apoio de instituições, empresas e voluntários. Para mais informações deve consultar o site do município de Setúbal ou do SEIES.

tags: “Estórias de (Des)Igualdade”, Dia Internacional da Mulher, exposições, Março Mulher 2019, Música, programa, teatro