na cidade

Saiba tudo o que vai acontecer na E-Tech Portugal

A 4.ª edição da feira tecnológica decorre nos dias 10 e 11 de maio, no Cais 3 do Porto de Setúbal.
O tema deste ano é a "Transformação Digital". Foto: CMS.

Um dos eventos tecnológicos do ano está de volta a Setúbal. A 4.ª edição da E-Tech Portugal 2019 acontece esta sexta-feira e sábado, 10 e 11 de maio no Cais 3 do Porto de Setúbal, na zona ribeirinha.

O programa inclui uma mostra de produtos e projetos, workshops e várias conferências, com o tema “Transformação Digital”. A área de exposição, de 2700 metros quadrados conta com as mais recentes novidades na área das TICE (Tecnologias de Informação, Comunicação e Eletrónica) espalhadas em mais de 60 expositores de empresas, startups, instituições públicas, associações empresariais, escolas, universidades e politécnicos.

Ao longo dos dois dias, a E-Tech organiza conferências, workshops e vários desafios como o ROBOTECH (área da educação com projetos de robótica e programação), o PARROT DRON-E-TECH (concurso de drones) e a zona de gaming.

Conheça o programa completo das conferências.

10 de maio

9h30 — Sessão de abertura, com intervenções de Maria das Dores Meira, presidente da Câmara Municipal de Setúbal, António Gonçalves, diretor da EDUGEP — Escola de Programação, Fernanda Ledesma, presidente da Associação Nacional de Professores de Informática, Antoine Velge, presidente da Associação Industrial da Península de Setúbal e Pedro Dominguinhos, presidente do IPS  — Instituto Politécnico de Setúbal.

11 horas — Painel sobre “Transformação Digital em 15 minutos”, com os oradores Carlos Sousa da Introsys, tenente-coronel Nuno Carocha Gonçalves da GNR de Setúbal, Paulo Infante, professor e investigador da Universidade de Évora, Andreia Morgado do Instituto de Soldadura e Qualidade e Vítor Pedroso, diretor-geral da Direção-Geral da Educação.

12h45  — Conferência “Novos Modelos de Gestão e a Importância das Telco na Transformação Digital das organizações” por Alexandre Teixeira da Fonseca, administrador da Altice Portugal.

14h30 — Painel “Transformação Digital na Informação/Comunicação”, moderado pela jornalista Ana Martins com as intervenções de João Palmeiro, presidente da Associação Portuguesa de Imprensa, João Ribeiro, co-fundador e diretor da Shifter e Paulo Sérgio, diretor-adjunto da RTP — Antena 1.

16 horas — Painel “Transformação Digital na Indústria/Agricultura/Mar”, moderado por Raul Tavares, diretor do Sem Mais Jornal, com intervenções de Gisela Garcia da Volkswagen Autoeuropa, Teresa Almeida, coordenadora do Programa Operacional Mar2020, Helena Gouveia do Instituto de Soldadura e Qualidade, Carlos Damásio, investigador da Universidade Nova de Lisboa, Rui Flores, gestor agrícola e Henrique Soares, diretor executivo da Hexastep.

11 de maio

9h30 — Debate sobre o tema “Transformação Digital na Saúde”, moderado por Rui Neves Madeira do IPS, com intervenções de Paulo Veiga, administrador da Empresa de Arquivo de Documentação, Patrícia Macedo, investigadora de projetos de inovação do IPS, Ana Londral, diretora da Value4Health, Pedro Viana da Agência para a Modernização Administrativa e Isabel Vaz, administradora da Luz Saúde. 

11 horas — Painel “Transformação Digital na Cidade”, moderado por Nuno Marques, adjunto da vereação da Câmara Municipal de Setúbal, com intervenções de Ricardo Salgado da Tekever Digital, Ricardo Oliveira, vereador dos pelouros da Educação e Saúde da autarquia e de José Simões Veiga, administrador da empresa KSTK.

14h30 — Palestra “Transformação Digital na Educação”, moderada por Fernanda Ledesma, presidente da Associação Nacional de Professores de Informática. O painel tem como oradores os professores Paulo de Almeida, docente da Escola Secundária Fernando Casimiro Ferreira, Rui Lima do Colégio Monte Flor, Maria do Rosário Rodrigues do IPS, Teresa Cardoso da Universidade Aberta e Marco Neves do Agrupamento de Escolas da Batalha.

16h15 — Entrega de prémios dos concursos e torneios do evento.

17 horas — Sessão de encerramento da conferência com intervenções de Ricardo Oliveira, vereador da autarquia, António Gonçalves, diretor da EDUGEP, Fernanda Ledesma, presidente da Associação Nacional de Professores de Informática, Nuno Maia, diretor-geral da Associação Industrial da Península de Setúbal e Ângela Lemos, vice-presidente do IPS.

A participação nas conferências é gratuita e destinada a professores e público em geral. Os lugares são limitados. Por isso, tem de se inscrever no site oficial do evento tecnológico com a indicação do nome, morada, localidade, código postal, contacto, data de nascimento, número do cartão de cidadão, NIF, habilitações académicas e situação profissional.

Para mais informações, pode ligar para os números 931 656 780 e 912 496 336 ou enviar um email para info@nulle-tech.pt ou e-tech@nullanpri.pt. A feira é organizada pela Câmara Municipal de Setúbal, EDUGEP — Escola de Programação, ANPRI (Associação Nacional de Professores de Informática), AISET (Associação Industrial da Península de Setúbal) e IPS (Instituto Politécnico de Setúbal). 

Nas três edições anteriores, a E-Tech Portugal contou com mais de 16 mil visitantes, cerca de 2650 alunos e professores, 600 participantes nos workshops, 150 nos concursos de drones e torneios de jogos, 90 oradores e perto de 500 pessoas nas conferências. Este ano são esperados dez mil visitantes.

tags: "Transformação Digital", Cais 3, conferências, E-Tech Portugal, feira tecnológica, programa, workshops