na cidade

Projeto Estrelinha vai ter um open day (com cãominhadas e um concerto)

O evento está marcado para este sábado, 26 de setembro, no espaço da associação setubalense.
Uma oportunidade para conhecer os patudos do abrigo.

Este sábado, 26 de setembro, a associação Projeto Estrelinha, na Estrada da Varzinha, em Setúbal, vai estar de portas abertas para um dia especial com os seus animais de estimação. O programa inclui um workshop, duas cãominhadas, um momento de partilha de histórias e um concerto de A Garota Não.

O workshop “Dormir Sobre Rodas” sobre reutilização de pneus para camas de animais começa às 10 horas. A voluntária do abrigo, Cláudia Nunes, vai ensinar aos participantes a transformar um pneu velho e usado numa cama fofinha para o seu cão ou gato.

O valor é de 5€ por pessoa. Para se inscrever tem de preencher o formulário online. O Projeto Estrelinha fornece os materiais (pneu, tintas e pincéis) e, no final, os participantes podem ficar com a caminha que criaram.

Às 11 e às 16 horas estão previstas duas cãominhadas com os animais do abrigo. O passeio terá a duração de uma hora e irá decorrer no espaço envolvente do projeto. A inscrição custa 2€ por pessoa e também deve ser feita online.

A fechar, a cantora A Garota Não vai dar um concerto solidário, a partir das 17 horas. Ao longo do open day vai haver uma feira com venda de merchandise e artesanato, com o objetivo de angariar fundos para cobrir as despesas veterinárias do abrigo.

Durante as atividades (workshop, cãominhadas e concerto), é obrigatório o uso de máscara de proteção individual, no âmbito das medidas de contenção da propagação da Covid-19. 

O Projeto Estrelinha começou em abril de 2016 quando Zélia Delgado se cruzou com uma pastora-alemã abandonada em muito mau estado e a precisar de cuidados urgentes. Apaixonada por animais, a setubalense acolheu Estrelinha na sua casa e juntou o máximo de dinheiro que conseguiu para tratar a leishmaniose diagnosticada na cadela, que acabou por não sobreviver à doença.

Atualmente, o trabalho da associação passa pela recolha, tratamento médico, recuperação de animais em risco ou abandonados e encaminhamento para uma adoção responsável ou FAT (família de acolhimento temporário). Neste último caso, as famílias que não conseguem ter um animal a tempo inteiro em casa, podem acolhê-lo durante períodos de tempo limitados, dando-lhe apoio, uma casa e atenção.

tags: "A garota não", cãominhadas, concerto, open day, Projeto Estrelinha, setúbal, workshops

outros artigos de na cidade

mais histórias de Setúbal