na cidade

Os tuk tuks do Zé da Mota estão de volta para levá-lo às praias da Arrábida

A marca abriu um novo espaço na Avenida Luísa Todi e mantém o aluguer de scooters para fazer passeios pela região.
Uma forma de evitar os transportes públicos.

Este verão, não vai precisar de usar os transportes públicos e estar nas filas para ir até às praias da Arrábida. A marca Zé da Mota está de volta com os tuk tuks, o aluguer de scooters e um espaço maior, na Avenida Luísa Todi junto ao Hotel Mar e Sol.

A nova garagem é agora a sede da empresa setubalense e substitui o contentor instalado no Largo José Afonso, que assim deixa de funcionar. Os tuk tuks partem às 10h30 e às 16 horas do novo espaço e podem levá-lo às praias de Albarquel até ao Portinho da Arrábida.

Para rentabilizar os tuk tuks, a Zé da Mota também faz o serviço de transferes entre as praias. Ou seja, imagine que vai de autocarro até à Figueirinha mas quer ir passar o dia a Galapos ou Galapos, neste caso, pode apanhar um tuk tuk e por valores entre 1€ e 2€ chegar mais depressa ao destino.

As reservas devem ser feitas com, pelo menos, 24 horas de antecedência através do número 919 145 558 ou diretamente no espaço da Avenida Luísa Todi. Os tuk tuks são 100 por cento elétricos.

Por causa das restrições da pandemia, os habituais passeios pela Arrábida ficaram reduzidos ao tour 360. Este percurso passa pela Avenida José Mourinho (frente ribeirinha), principais praias da Arrábida, subindo a serra e regressando a Setúbal. A viagem de tuk tuk dura uma hora e meia a duas horas e custa 90€. Dá para levar seis pessoas sem contar com o condutor. 

Além do tour, a Zé da Mota mantém o aluguer das scooters para quem quiser explorar a cidade e a Arrábida. Para conduzi-las basta ter carta de mota ou de carro. O aluguer mínimo de duas horas custa 15€ e inclui dois capacetes.

Tiago Silveira, sócio da empresa explicou à New in Setúbal que o “objetivo da marca é continuar a divulgar a cidade de Setúbal e a serra da Arrábida, aproveitando as potencialidades da região”. O responsável acrescentou ainda que, no futuro, a ideia é que a nova sede da empresa também sirva de pequena oficina de apoio às scooters. 

A marca de tuk tuks elétricos nasceu em 2018. Na altura, o conhecido criativo setubalense, João Maria, juntamente com o cunhado, Tiago Silveira, decidiram montar um negócio “para colmatar uma necessidade da cidade de Setúbal, que não tinha uma oferta deste tipo de tours”.

O nome Zé da Mota é uma homenagem ao avô de João Maria, José Eduardo Martins, que começou a fazer os seus negócios como vendedor ambulante de tecidos numa mota e que ainda hoje é recordado entre os setubalenses.

De seguida carregue na imagem para conhecer melhor a empresa Zé da Mota.

 

 

 

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Avenida Luísa Todi, 600
    2900-457 Setúbal

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA