na cidade

O casal inglês que abriu uma elegante moradia na Comporta por “paixão à região”

Quando a família conheceu a localidade pela primeira vez, sabia que queria voltar novamente. Por isso, comprou logo uma casa.
É mesmo um luxo. Foto: Luís Viegas.

Entrecortada por extensos campos de arroz e pinhais praticamente virgens, a Comporta já há muito tempo que deixou de ser um dos segredos mais bem guardados do País. Aliás, até se tornou mesmo num dos destinos mais populares da Europa. Ainda assim, continua a ser uma zona tranquila, com praias fantásticas e menos enchentes de turistas como as que se vê no Algarve nos meses de verão. É o refúgio que sempre foi — e continua a encantar quem lá vai pela primeira vez.

Para os ingleses, que vivem num país onde o sol quase nunca aparece e têm poucas oportunidades para passar dias inteiros na praia, é o verdadeiro paraíso. Não é de estranhar, portanto, que a família se tenha apaixonado pela região logo na primeira visita a Portugal.

Corria o ano de 2022 e era uma pausa merecida depois dos conturbados anos da pandemia, tanto para o casal como para os seus três filhos. “São um casal inglês que vive em Singapura, mas adoraram a Comporta quando cá vieram pela primeira vez. Nessa altura, viram que existia uma casa em construção à venda e decidiram comprá-la”, conta à NiT Felipe Branco, fundador da agência Comporta Home Page, dedicada à gestão de alojamentos na zona.

A meio caminho entre as praias do Pego e do Carvalhal, a elegante moradia foi construída num terreno onde, em tempos, existia uma “casa que estava a precisar de ser renovada”. Sem muito para aproveitar, o arquiteto local Nuno Lopes “mandou tudo abaixo” para fazer uma construção de raiz, totalmente nova. Assim nasceu a Casa Elea, um projeto arquitetónico moderno, que não esqueceu as raízes do lugar onde se encontra. 

“A ideia sempre foi ser uma casa de férias, onde os donos pudessem ficar durante dois meses no verão, mas decidiram colocá-la para alugar no resto do ano”, explica. Juntaram-se assim à Comporta Home Pages, a primeira agência de aluguer de casas na Comporta, que surgiu há 11 anos.

“Nunca tinham feito nada do género, até porque cada um tem o seu próprio trabalho. Foi mesmo por esta paixão pela região e por saberem que vão querer passar muitos anos aqui. É, para eles, um sítio muito especial”. A família adorou especialmente “a vida calma e tranquila” e as incríveis praias desta zona do distrito de Setúbal. 

As reservas para ficar alojado no novo alojamento, decorado pela empresa local Comporta Selection, arrancaram em outubro. Os hóspedes vão encontrar uma elegante moradia praticamente por estrear, com duas suites com cama de casal, uma com duas camas de casal e um outro quarto com beliche duplo.

“Toda a casa respira bom gosto e charme, com uma bonita sala de estar virada para o jardim, uma maravilhosa mesa de jantar interior ao lado da aberta para a cozinha, destaca. No exterior, podem aproveitar a incrível piscina, rodeado pelo jardim, ou o rooftop virado para os campos e o pôr do sol, onde encontrará um enorme sofá e mesa para refeições ao ar livre.

É uma casa “child friendly” e mais indicada para famílias, tendo capacidade para acomodar um máximo de 10 hóspedes. Quanto à decoração, apesar de ser uma recém-construção, mantém a essência tão típica da Comporta, com os candeeiros de palha e outros detalhes que remetem à região. 

O alojamento só é alugado à semana e a estadia mínima é de cinco dias. Os valores rondam os 7.000€ e os 11.250€ por semana, dependendo da época. As reservas podem ser feitas online.

De seguida, carregue na galeria para conhecer melhor o novo alojamento da Comporta.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA