na cidade

Neste alojamento tem de descobrir o código do cofre — no fim tem uma surpresa

Na Casa dos Sentidos, na Fonte Nova, os hóspedes têm de puxar pela cabeça.
Para sentir cada divisão da casa.

Chama-se Casa dos Sentidos, fica na Fonte Nova e é um alojamento local diferente dos outros. Além de cada divisão apelar a um sentido há um jogo de raciocínio para os hóspedes. As regras são simples: primeiro tem de descobrir uma palavra escondida no interior da casa. Da palavra vai chegar a um número mágico, que o fará abrir o cofre dos sentidos.

A palavra é uma expressão pouco usada no vocabulário português e tem a ver com as diferentes formas de perceção dos sentidos. Para quem descobre há um pequeno presente relacionado com a cultura típica setubalense. O T3 familiar, de 180 metros quadrados tem três quartos, quatro casas de banho, cozinha, sala de estar e um logradouro/pátio. Cada divisão é sobre um sentido diferente.

A sala de estar é dedicada à audição. Por isso há vários quadros de artistas portugueses e estrangeiros, como Amália Rodrigues e Zeca Afonso. Tem também uma lareira, televisão, muitos livros e claro, o cofre secreto dos sentidos.

A cozinha tem como tema o paladar, a forma como sentimos a comida e o que ela nos transmite. Há quadros espalhados na parede com chocos, lulas e peixes. O espaço está equipado com máquina de lavar louça, frigorífico, forno, fogão e microondas.

Depois de subir as escadas vai encontrar o quarto do olfato, com duas camas. Neste caso, a decoração tem quadros, que nos fazem pensar nos cheiros do dia a dia. O quarto da visão tem três camas e uma fotografia da Arrábida dividida em três partes. Já o quarto de casal, com casa de banho privativa é sobre o tato. Pode tocar no painel de uma árvore com galhos e folhas feitos em feltro.

Inês Sousa, 34 anos, licenciada em Marketing e o irmão Frederico Sousa, 27, formado em Design são os responsáveis pela casa inaugurada em junho de 2018. Frederico é também o autor da decoração e pinturas dos quadros. “A ideia de criar este projeto familiar surgiu da paixão pela cultura, gastronomia e natureza da cidade. Queremos oferecer aos viajantes a possibilidade de descobrir Setúbal através dos sentidos”, conta à New in Setúbal, Inês Sousa.

O alojamento pode ser arrendado por grupos e famílias até sete pessoas, no máximo. Os preços por estadia vão dos 120€ aos 200€, mas variam de acordo com a época do ano. O check in é entre as 16 e as 19 horas e o check out até às 11 horas.

O ano passado, a Casa dos Sentidos recebeu um prémio da Guest Review Awards 2018 por ter conseguido a avaliação de 9,2 em 10 no site do Booking. Durante o ano recebe muitos portugueses, mas também espanhóis, franceses, italianos e dinamarqueses.

Quem manda nisto tudo

Nome: Inês Sousa
Idade: 34
Característica favorita do alojamento: Pátio
Guilty pleasure: Cozinhar
Convença-nos a visitar o espaço: “Desperte os seus sentidos e descubra o segredo da casa”. 

tags: alojamento local, Casa dos Sentidos, código do cofre, Fonte Nova, jogo, setúbal

localização, contactos e horários

morada
  • Casa dos Sentidos [ver mapa]
    Rua Deputado Henrique Cardoso, 60
    2900-109 Setúbal
horários
  • Aberto todos os dias

outros artigos de na cidade

mais histórias de Setúbal