na cidade

Já viu os novos murais do Estádio do Bonfim com as velhas glórias do clube?

Os 12 painéis, da autoria do artista Ricardo Romero, foram instalados junto à secção de ginástica do clube.
Está muito bonito. Foto: Município de Setúbal.

Nos últimos meses, o Estádio do Vitória Futebol Clube (VFC) ganhou novas cores e uma imagem renovada. Além das letras e da pintura da fachada, há agora mais uma atração para quem passa pelo Bonfim.

Uma das laterais do Estádio, junto à secção de ginástica, tem 12 murais com imagens das figuras míticas do clube e também dos acontecimentos mais marcantes da história do VFC. Os painéis a preto e branco, da autoria do artista Ricardo Romero, foram criados com base em imagens antigas, incluindo retratos do fotógrafo setubalense Américo Ribeiro.

Carla Tavares, impulsionadora deste projeto, que contou com o apoio da Câmara Municipal de Setúbal, explicou o desafio feito a Ricardo Romero. “A ideia era fazer uma composição que trouxesse as glórias do passado para inspirar otimismo no futuro, porque o Vitória e os vitorianos merecem que o clube brilhe novamente”.

Entre as composições está uma das primeiras equipas de futebol do Vitória e alguns dos principais troféus conquistados pelos sadinos, com destaque para as duas Taças de Portugal e uma Mini Copa do Mundo. 

Nas paredes do Estádio do Bonfim também estão representados momentos de apoio popular e clubístico e figuras singulares do clube setubalense, como é o caso do avançado nigeriano Rashid Yekini e a ciclista Oceana Zarco.

A pintura destes murais faz parte de um conjunto de ações que a Câmara Municipal de Setúbal e a União das Freguesias de Setúbal têm vindo a desenvolver para melhorar o Estádio do Bonfim, incluindo a pintura integral em tons de verde e branco e iluminação à volta do recinto.

A juntar aos painéis há uma nova estrutura decorativa iluminada, com as iniciais do Vitória Futebol Clube, instalada entre a Avenida 22 de Dezembro e a Praça Vitória Futebol Clube.

Ricardo Romero também foi o autor da escultura do gato preto que está no telhado da Casa do Turismo. A peça chama-se “O Gato e o Vento” e, segundo o artista, pretende chamar a atenção para a azáfama do dia a dia e a ausência de contemplação da arte. 

A seguir carregue na galeria para conhecer os novos murais do Estádio do Bonfim. 

 

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA