na cidade

Já pode alugar bicicletas, caiaques ou raquetes na Decathlon

Só tem de escolher o que quer, a duração do aluguer e levar os produtos consigo.
Setúbal é uma das lojas aderentes.

Alguns equipamentos desportivos podem ser bastante caros. Resultado: desiste-se de experimentar novas atividades ainda antes de chegar às lojas. Para facilitar a vida dos portugueses e dar-lhes acesso a todos os desportos, a Decathlon criou um serviço online de aluguer.

Em testes em fevereiro, ainda antes da pandemia, agora está, oficialmente, disponível no site português da empresa. Até à data, é possível alugar artigos de três categorias: desportos de água, ciclismo e desportos de raquetes.

Na primeira, por exemplo, pode ter acesso a caiaques insufláveis desde 25€ por dia; pranchas de surf desde 15€, e pranchas de Stand Up Paddle a partir de 25€. No que diz respeito ao ciclismo, há bicicletas BTT para passeio (valores começam nos 10€ por dia), bicicletas BTT para trilhos (12€ por dia), bicicletas de cidade (10€ por dia), de estrada (12€ por dia) e, ainda, bicicletas elétricas (desde 25€).

Ainda é possível alugar raquetes de padel, squash ou de ténis. Qualquer uma delas está disponível a partir de 3€ por dia. No site da Decathlon pode conhecer as características dos produtos e são recomendadas opções para níveis avançados e iniciados, no caso dos desportos de raquetes.

Nas bicicletas, por exemplo, a marca ajuda a escolher os tamanhos de acordo com a altura do utilizador e nas pranchas são dadas opções segundo o peso, por exemplo. Portanto, será fácil acertar no artigo perfeito para si.

Pode alugar pranchas de Stand Up Paddle.

Como é o processo de aluguer?

Primeiro, escolhe o desporto desejado e o respetivo artigo. O passo seguinte é “escolher a duração do seu aluguer, consoante a disponibilidade atual dos artigos escolhidos”, explica a Decathlon.

O custo do aluguer é apresentado em tempo real, uma vez que o objetivo é que os clientes pratiquem desporto de forma continuada, pelo que existe uma redução de 20 por cento no custo do aluguer diário a partir do segundo dia de aluguer, inclusivamente.

Em seguida, existe a possibilidade de adicionar artigos complementares. Por exemplo, se decidir alugar uma bicicleta, surgem opções de capacetes. No entanto, estes artigos não são passíveis de aluguer, sendo comprados no momento.

O quarto passo é preencher os dados necessários para o aluguer, que inclui escolher a loja onde pretende levantar e devolver os artigos. Para isto, é necessário fazer uma conta no site da Decathlon, que não demora mais do que dois minutos.

“Para levantar os artigos de aluguer deve dirigir-se à loja Decathlon que definiu como local de levantamento, na data indicada. Deve fazer-se acompanhar do seu Cartão de Cidadão, preencher a declaração de responsabilidade e efetuar o pagamento do aluguer e dos artigos complementares (caso adquira algum)”, pode ler-se no site da marca.

O sexto e último passo é a devolução. Basta deslocar-se à receção da loja em causa. Se todos os artigos estiverem conformes, não terá que fazer mais nada, o processo de aluguer terminou. Porém, em caso de dano, a equipa de serviço pós-venda vai calcular o custo da reparação. O serviço de aluguer está disponível em mais de 15 lojas, contudo, a Decathlon Portugal garantiu à NiT que o objetivo é “ estender rapidamente a todas as lojas”. Consulte online quais são aquelas que têm o serviço ativo.

tags: aluguer, caiaques, Decathlon, pranchas de surf, serviço online, setúbal

outros artigos de na cidade

mais histórias de Setúbal