na cidade

Já há data para o fim das obras no Forte de Albarquel

O edifício histórico vai ganhar novas valências culturais e educativas.
As obras começaram em agosto do ano passado. Foto: CMS.

As obras de reabilitação do Forte de Albarquel devem terminar em setembro deste ano. A garantia foi dada em comunicado pela Câmara Municipal de Setúbal. A recuperação da antiga fortificação militar começou em agosto de 2018. Durante esse período, os trabalhos centraram-se sobretudo no interior do imóvel cedido pelo Ministério da Defesa à Câmara Municipal de Setúbal em janeiro de 2015 para os próximos 32 anos.

As obras a decorrer há cerca de nove meses, com encargos repartidos entre a autarquia e o The Helen Hamlyn Trust, no âmbito de um memorando de entendimento assinado em 2016 reservam para a fase final da intervenção a reabilitação do exterior da fortaleza e ações de embelezamento da paisagem. Além da recuperação do edificado histórico, o projeto de arquitetura inclui várias ações de beneficiação da área envolvente pela autarquia sadina. 

Esquecido ao longo de décadas, o Forte de Albarquel renasce agora com num plano pensado pelo município para se transformar num espaço cultural e educativo, com valências museológicas e expositivas, que irá acolher performances culturais e artísticas e assumir funções de sala de visitas da cidade.

O Forte de Albarquel situado na praia com o mesmo nome, na margem direita da foz do Rio Sado integrou a partir do século XVII, a linha defensiva do litoral que se estendia entre Setúbal e Sesimbra e funcionou como complemento do Forte de São Filipe na proteção da povoação marítima sadina. A fortaleza foi projetada em 1642 no contexto da Guerra da Restauração da Independência portuguesa quando D. João IV fez uma remodelação da estratégia defensiva de Portugal, incluindo a defesa da barra do Sado.

A primeira fase da intervenção centrou-se no interior do edifício. Foto: CMS.
tags: Câmara Municipal de Setúbal, conclusão, Forte de Albarquel, novas valências, obras, requalificação