na cidade

Hotel de Louboutin em Melides vai ter 15 quartos — e já está em construção

A unidade hoteleira do designer de sapatos em Portugal deverá abrir em 2021. A história da sua paixão pelo País é incrível.
Um investimento na incrível região.

Já é conhecida (e antiga) a paixão de Christian Louboutin por Portugal. Como tantos outros visitantes estrangeiros, o designer de sapatos francês começou por passar férias em Sintra e na Comporta e a dado ponto não resistiu a ficar por cá mais tempo. E até a ter um lugar seu, onde pudesse regressar sempre que quisesse. 

Em 2016, depois ser convidado pelo “Financial Times” para criar um roteiro para o Alentejo, Louboutin apresentava ao mundo a sua nova casa de Melides: simples mas luxuosa e com um design incrível, como não poderia deixar de ser.

Não contente com isso, o famoso criador dos sapatos com sola vermelha está agora a criar um hotel de charme na mesma região. E as obras até já começaram.

Segundo o “Jornal de Negócios“, o hotel vai ter 15 quartos e um restaurante e está já em construção. A unidade já tinha sido anunciada em 2019, mas terá encontrado alguns problemas com o saneamento básico e normas ambientais — que estarão agora resolvidos.

O hotel vai ser desenhado pela arquiteta Madalena Caiado, custará cerca de dois milhões de euros e deve estar pronto a inaugurar em 2021. O designer francês já confessou, em diversas entrevistas, que Portugal é como uma casa para ele, desde que primeiro visitou Sintra quando tinha cerca de 20 anos.

Segundo a revista brasileira “Hardecor“, a decisão de comprar uma casa em Melides surgiu no entanto meio por acaso: há cerca de 10 anos, de férias e a alugar casa na Comporta. Louboutin estava a desenhar e terá feito um corte de papel profundo, o que o fez procurar um hospital local. “No caminho de volta eu vinha pela estrada e ao ver a casa, pensei: isto parece bonito, vamos ver”; e conheceu assim uma moradia junto a um arrozal, que adquiriu logo que teve oportunidade. 

No ano passado, o designer lançou mesmo uma carteira em homenagem ao nosso País, que pode conhecer no artigo da NiT.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA