na cidade

Herdade da Mourisca recebe a 21.ª Festa do Moinho de Maré da Mourisca

Em Setúbal, gastronomia, artesanato, música, dança e atividades desportivas vão ser algumas das atrações entre 26 e 28 de agosto.
Sérgio Rossi vai atuar.

Ostras, marisco, feijoada de choco e, claro, choco frito são alguns dos petiscos que pode provar na Herdade da Mourisca. Entre 26 e 28 de agosto, a Reserva Natural do Estuário do Sado recebe a 21.ª Festa do Moinho de Maré da Mourisca.

Numa celebração onde a gastronomia assume particular destaque, conheça as melhores tasquinhas de pratos regionais. Dinamizadas pelo movimento associativo das freguesias do Sado e de Gâmbia-Pontes-Alto da Guerra, servem arroz de lingueirão, pipis, pica-pau, entre outras opções igualmente típicas.

Recomendamos que experimente um pouco de cada para que possa ter uma opinião fundamentada sobre o grande vencedor do concurso de gastronomia. Sim, porque um dos momentos altos é a eleição do melhor prato entre os servidos no certame. Também existe uma competição para os melhores doces e licores. Os premiados dos três concursos são anunciados no último dia das festividades, na cerimónia do encerramento oficial, que está marcada para as 20h30.

A abertura da festa está agendada para dia 26, sexta-feira, às 19 horas. Logo a seguir, por volta das 20 horas, com as atuações de Carina Martins e Sérgio Rossi, é feita a inauguração oficial. O primeiro dia termina com um baile conduzido pelos Irmãos Cabanas, a partir das 23 horas.

No sábado, dia 27, pode participar no jogo de malha, enquanto a ESTuna anima o certame. À noite, há uma performance de João Pires, do Grupo Banza. Hélder Cardoso é o responsável por encerrar o dia. Às 11 horas de domingo acontece a celebração de uma missa campal, e pelas 20 horas o grupo de sevilhanas da União Desportiva e Recreativa das Pontes vai dançar.

Após o encerramento oficial, que inclui a cerimónia de entrega de prémios dos concursos gastronómicos, há concertos com Celina da Piedade e Ana Santos, às 21h30; e Nicole Viviana e David Rosa, às 22h30.

Localizado numa zona de sapal, salinas e montado — e rodeado por terrenos usados, noutro tempo, para o cultivo de arroz —, o moinho de maré é um exemplo de arquitetura tradicional, possivelmente do século XVII.

O da Herdade da Mourisca é um dos quatro moinhos de maré conhecidos no estuário do Sado e esteve em funcionamento até aos anos 50. Atualmente, além de centro de informação e lazer, permite a realização de dois percursos pedestres: um na zona de estuário e outro numa área mais interior de montado. Aqui pode observar aves limícolas e plantas de sapal.

Organizado pela Comissão de Festas do Moinho de Maré da Mourisca, Câmara Municipal de Setúbal e juntas de freguesia do Sado e de Gâmbia-Pontes-Alto da Guerra, o certame conta com um leque diversificado de atividades.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA