na cidade

Há dois jovens setubalenses no deserto de Marrocos — e o objetivo é solidário

Gonçalo Rosa e Bernardo Barreto partiram na sexta-feira, 22 de fevereiro, da Praça do Bocage.
Uma aventura inesquecível. Foto: CMS.

Os setubalenses Gonçalo Rosa e Bernardo Barreto partiram de Setúbal na passada sexta-feira, 22 de fevereiro. Vão estar nove dias a percorrer o deserto de Marrocos. 2500 quilómetros pelo deserto a viajar num carro, com mais de 20 anos e visitar as comunidades mais necessitadas para distribuir bens é o cenário do UniRaid.

A oitava edição do projeto espanhol consiste numa aventura solidária destinada a jovens estudantes. Este ano participam cerca de 240 naturais de Espanha, França, Andorra e Portugal, que está representado por 12 equipas.

O desafio é lançado a equipas de dois elementos. O objetivo é distribuir no mínimo 40 quilos de material escolar e outros bens pelas comunidades locais mais necessitadas do interior de Marrocos. Atenção que há uma condição essencial: a viagem tem de ser feita em carros com mais de 20 anos e tração a duas rodas.

A ideia surgiu o ano passado quando Gonçalo Rosa, 20 anos viu algumas notícias sobre o UniRaid. Assim que soube do objetivo do projeto, o jovem não teve dúvidas que queria participar na próxima edição e desafiou o primo Bernardo Barreto, 21 anos. “Percebi logo que tinha de ser. Era a minha cara”, pode ler-se na nota enviada pela Câmara Municipal de Setúbal. O primo aceitou a proposta e foi aí que começou a aventura.

Gonçalo e Bernardo formam a equipa “Os Areias”, patrocinada pelo município de Setúbal, entre outras instituições e empresas. Partiram a meio da manhã na sexta-feira, 22 de fevereiro em direção a Algeciras, em Espanha. Atualmente já estão no deserto de Marrocos, sendo que a chegada a Portugal está prevista para o início da próxima semana. Seguem num Renault Twingo, com 24 anos decorado com imagens turísticas de Setúbal sobre a baía e a Serra da Arrábida.

Os dois jovens viajam num Renault Twingo, com 24 anos. Foto: CMS.

Sobre a vertente solidária da viagem, Bernardo Barreto referiu à autarquia que “se para o Dakar são precisos muitos cavalos, no UniRaid são precisos muitos amigos”.  Bernardo Barreto é aluno do curso de Engenharia Mecânica, no Instituto Superior Técnico (IST) e Gonçalo Rosa é estudante de Engenharia Civil, na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (FCT/UNL).

tags: desafio, jovens setubalenses, Marrocos, setúbal, UniRaid, viagem solidária