na cidade

Estão a ser instalados mais contentores de recolha de resíduos em Setúbal

A ação, integrada no projeto Setúbal Composto, abrange os bairros Afonso Costa, Monte Belo, Nova Azeda e Vale do Cobro.
O objetivo é melhorar o ambiente na cidade.

Todos os dias acumulamos centenas de resíduos orgânicos que resultam, por exemplo, dos restos de comida. O que acontece depois é que juntamos tudo no nosso caixote de lixo e não separamos os produtos.

Para evitar essas situações, a Câmara Municipal de Setúbal criou um novo circuito de recolha seletiva dos resíduos orgânicos e verdes porta a porta. Além das sobras de alimentos, pode entregar produtos frescos não embalados (legumes, frutas, carnes e peixe), pão e bolos, borras de café, saquetas de chá, toalhas, guardanapos de papel, entre outros. 

O projeto Setúbal Composto começou em janeiro com a instalação dos primeiros contentores na freguesia de Azeitão. Neste momento, estão a ser instalados cerca de 61 contentores de lixo comum nos bairros Afonso Costa, Monte Belo (Norte e Sul), Nova Azeda e Vale do Cobro.

Os novos moloks ficam disponíveis para utilização dentro de poucos meses e abrangem cerca de 11 mil munícipes residentes naquelas quatro zonas da cidade. Os contentores têm capacidade para armazenar três mil litros de lixo e permitem recolher as cerca de duas mil toneladas de resíduos urbanos biodegradáveis, que serão reaproveitadas para produzir composto e energia.

Os novos contentores têm ainda a particularidade de serem apenas acessíveis por cartão eletrónico individual, o que permite saber a quantidade produzida de lixo nos diferentes pontos da cidade. Além do cartão, os aderentes desta fase inicial, recebem um contentor de 20 litros para servir de apoio à confeção das refeições.

A concretização do novo serviço de recolha é acompanhada de uma campanha de sensibilização, intitulada “Setúbal com.posto tem + valor”, para esclarecer a população sobre as ações corretas a tomar em casa para otimizar a separação dos biorresíduos.

Os munícipes interessados em aderir a esta ação porta a porta, desde que sejam abrangidos pelas áreas de intervenção definidas, devem ligar para o número de telefone 217 977 717 ou preencher um formulário online disponível no site Setúbal em Bom Ambiente.

Nesta primeira fase, a operação municipal inclui, igualmente, a recolha de resíduos biodegradáveis produzidos no setor da restauração e similares, como por exemplo escolas, cantinas, mercados, restaurantes, pastelarias, hotéis, hospitais e cemitérios do município.

Um dos contentores no bairro do Monte Belo.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA