na cidade

Covid-19: Setúbal tem um novo centro de vacinação

O equipamento no Cais 3 do Porto de Setúbal abriu esta segunda-feira, 1 de março.
Estão a ser vacinados os grupos prioritários.

A partir desta segunda-feira, 1 de março, Setúbal vai passar a ter um novo centro de vacinação contra a Covid-19. A instalação deste espaço no Cais 3 Porto de Setúbal pela Câmara Municipal de Setúbal resultou de um pedido feito ao município pelo ACES Arrábida — Agrupamento de Centros de Saúde da Arrábida, que necessitava de uma área de grandes dimensões para continuar com o Plano Nacional de Vacinação Covid-19 junto da população do concelho.

O município pediu a colaboração da APSS — Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra, que cedeu o Cais 3 para o funcionamento do centro de vacinação com capacidade máxima para vacinar entre 350 a 400 utentes por dia, o apoio de dez enfermeiros e um médico de serviço em permanência.

Quando chegam, os utentes devem dirigir-se à receção para efetuar o registo, responder a um questionário e preencher a ficha individual. Serão depois encaminhados para blocos onde é feita a administração da vacina. Mais tarde, cada utente fica meia hora em observação, numa sala de espera para prevenir eventuais reações alérgicas.

Para que o equipamento possa funcionar na capacidade máxima, a Câmara Municipal de Setúbal lançou duas campanhas de angariação de voluntários. Uma dirige-se a médicos e enfermeiros reformados, para colaborarem na área de administração das vacinas, e a outra a jovens de áreas ligadas à saúde e proteção civil, para apoiarem no acompanhamento dos utentes em todo o processo, desde o preenchimento do questionário até ao momento do recobro após a inoculação.

Nesta fase de arranque do centro de vacinação de Setúbal, o ACES Arrábida está a contactar os utentes dos grupos prioritários através de chamada telefónica para efetuar a respetiva marcação.

Numa fase seguinte, a convocatória passa a ser feita pelo envio de uma SMS para o telemóvel que está registado no sistema, com a informação da data e do local do agendamento da vacinação, pedindo que a pessoa responda “sim” ou “não”, uma vez que este processo depende do consentimento dos cidadãos. O Ministério da Saúde também criou um site onde os utentes podem verificar se fazem parte da lista de vacinação deste período do plano.

Tem capacidade para vacinar cerca de 350 utentes.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA