na cidade

Covid-19: Câmara de Setúbal suspende pagamento de taxas para o comércio local

A medida da autarquia pretende ajudar o setor da restauração, um dos mais afetados pela pandemia.
O despacho foi publicado pela presidente da Câmara.

As restrições no âmbito do novo estado de emergência deixaram o comércio local e os pequenos negócios totalmente de rastos. Com o objetivo de ajudar o setor, a Câmara Municipal de Setúbal vai isentar o comércio do pagamento de taxas de atividade durante o primeiro semestre do ano. 

O despacho publicado pela presidente da autarquia, Maria das Dores Meira, isenta durante o primeiro semestre do ano o pagamento de taxas relativas a ocupação de via pública por esplanadas e quiosques, bem como o pagamento de contrapartidas da atribuição de concessões pelo município.

“Com a adoção destas medidas, o município procura dar um contributo e estímulo de apoio aos comerciantes locais, em particular aos do setor da restauração, fortemente penalizados com as medidas decretadas pelo governo, em especial as que dizem respeito à proibição de circulação na via pública”, sublinhou a autarca.

A isenção das taxas do comércio local já tinha sido adotada em março, novembro e dezembro do ano passado. Além destas medidas, o município relançou a campanha “O Que é de Setúbal Vai Parar à Sua Mesa”, que divulga os negócios com take away e entregas em casa.

A adesão dos empresários é gratuita, mas, para isso, os interessados devem preencher a ficha de inscrição disponível online. A promoção dos estabelecimentos locais aderentes é feita na página de Facebook da Câmara Municipal de Setúbal e no site do município.

Além de divulgar estabelecimentos de comércio tradicional ligados à área alimentar, como restaurantes, mercearias e pastelarias, a iniciativa pretende contribuir para a contenção da propagação da Covid-19 e evitar a circulação de pessoas nas ruas.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA