na cidade

Covid-19: Câmara de Setúbal cria linha de apoio para grupos de risco

O objetivo é distribuir bens alimentares e medicamentos aos munícipes em isolamento.
Para evitar que os idosos saiam de casa.

A Câmara Municipal de Setúbal tem disponível desde segunda-feira, 23 de março, uma linha de apoio para distribuição de bens essenciais de superfícies comerciais e farmácias. O serviço é exclusivo para munícipes considerados grupo de risco, mais expostos à infeção pelo novo coronavírus. 

A nova linha de apoio gratuita 800 212 216 deve ser usada pela população com mais de 70 anos, doentes oncológicos, pessoas com deficiência ou incapacidade, e em quarentena devido ao surto de Covid-19. O banco de alimentos fica nas instalações da Companhia de Bombeiros Sapadores de Setúbal no Monte Belo.

Todos os pedidos de bens essenciais feitos por outros municípes, que não sejam considerados grupos de risco, serão encaminhados para as juntas de freguesia para análise e eventual integração em redes de apoio à distribuição de alimentos e medicamentos. 

A decisão de se criar este banco de alimentos foi tomada na reunião do passado dia 20 de março, sexta-feira, pelo Grupo de Bens Essenciais da Comissão Municipal de Proteção Civil de Setúbal. A equipa é composta por elementos da Câmara Municipal de Setúbal, das cinco juntas de freguesia do concelho, do Serviço Municipal de Proteção Civil e Bombeiros e várias entidades com responsabilidades na área de intervenção social.

tags: Câmara Municipal de Setúbal, Covid-19, grupos de risco, linha de apoio, setúbal

outros artigos de na cidade

mais histórias de Setúbal