na cidade

Construção ilegal na Praia de Galapos vai ser demolida

Trata-se da estrutura do Restaurante Bar O João. A informação foi avançada pela Agência Portuguesa do Ambiente.
O investimento ronda os 160 mil euros. Foto: CMS.

É oficial, o antigo Restaurante Bar O João, na Praia de Galapos vai ser demolido em breve. A informação foi avançada pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), mas a data da intervenção ainda não foi anunciada. O espaço fica junto ao areal. 

No comunicado, a APA explicou que vai demolir “uma construção ilegal localizada em domínio público marítimo e em zona de risco, bem como na remodelação do atual acesso público à praia de Galapos, que atualmente não permite a circulação de veículos até ao areal, o que assume especial relevância no eventual socorro de pessoas em situações de emergência”. Ou seja, com a obra, as ambulâncias vão poder circular até à praia. 

As intervenções da APA não são só na zona de Setúbal. Ao todo, a Agência Portuguesa do Ambiente vai investir cerca de 27 milhões de euros em ações de proteção das regiões do litoral do País. Ao todo serão cerca de 11 as intervenções que a agência tem previstas, no âmbito de sete candidaturas, aprovadas pelo POSEUR — Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

A alimentação artificial das praias no troço costeiro a sul da Figueira da Foz (Cova-Gala — Costa de Lavos), a recarga de areia nas praias entre a Cova Gala e Lavos e a reabilitação do paredão da marginal da Praia de Árvore, no Concelho de Vila do Conde são alguns exemplos das intervenções a realizar.

tags: Agência Portuguesa do Ambiente, arrábida, construção ilegal, demolição, Praia de Galapos, restaurante, setúbal

outros artigos de na cidade

mais histórias de Setúbal