na cidade

Chuva forte e trovoada colocam Setúbal em alerta amarelo a partir desta quinta-feira

O alerta do IPMA entra em vigor às 21 horas de 28 de outubro. Pode passar a laranja se o tempo piorar.
Proteja-se.

A última semana de outubro começou com sol e alguns períodos de céu nublado. No entanto, a partir desta quinta-feira, 28 de outubro, o cenário vai mudar: a chuva regressa ao concelho de Setúbal. Por causa da previsão de mau tempo, com chuva intensa e trovoadas, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou Setúbal em alerta amarelo a partir das 21 horas desta quinta-feira, 28 de outubro, até às 6 horas de sábado, 30 de outubro, o que recomenda a adoção de medidas especiais preventivas.

O IPMA prevê para os dias 28, 29 e 30 de outubro chuva forte e persistente, por vezes acompanhada de trovoada, em todo o território nacional, em especial nas regiões centro e sul. Durante este período é, igualmente, esperado vento com rajadas até 75 quilómetros por hora.

O aviso de severidade na região sul pode passar a laranja, a partir de sexta-feira à tarde, 29 de outubro, uma vez que a precipitação será mais forte, sendo expectável que este quadro se mantenha até ao feriado do 1 de novembro, segunda-feira. A agitação marítima será também forte durante o fim de semana. 

Por essa razão, o Serviço Municipal de Proteção Civil e Bombeiros de Setúbal alerta para a possibilidade de cheias rápidas nas zonas urbanas, por acumulação de águas pluviais ou insuficiências dos sistemas de drenagem, e de inundações por transbordo de linhas de água.

Há também a possibilidade de situações de piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água, inundações de estruturas urbanas subterrâneas com deficiências de drenagem, galgamentos ou inundações costeiras e quedas de árvores ou ramos, de estruturas publicitárias ou de elementos construtivos mais frágeis em edificações.

Nestes casos, a Proteção Civil recomenda à população a adoção de algumas medidas preventivas, como, por exemplo, a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e a retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas são algumas dessas medidas.

Na estrada opte por uma condução defensiva, com a redução da velocidade habitual e tenha especial cuidado com a possível formação de lençóis de água nas vias. As autoridades recomendam precaução na circulação e permanência junto de áreas arborizadas e atenção à possibilidade de queda de ramos e mesmo árvores, devido ao vento mais forte.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA