na cidade

Bovino foi resgatado do rio Sado depois de saltar de um navio no Porto de Setúbal

O animal, que tinha embarcado no navio Uranus L, foi salvo pela Polícia Marítima na terça-feira.
O animal foi encaminhado para uma rampa de saída no Clube Naval Setubalense.

Um bovino foi resgatado do rio Sado na passada terça-feira, 9 de junho, depois de ter saltado do navio de transporte de animais vivos Uranus L com destino a Israel. O alerta foi dado às 9 horas desse dia depois de o animal ter sido avistado perto do cais de embarque dos catamarãs, que fazem a ligação fluvial entre Setúbal e Tróia.

A Polícia Marítima de Setúbal resgatou o bovino do mar com a ajuda de uma lancha, encaminhando-o depois para uma rampa de saída no Clube Naval Setubalense. Segundo fonte da Polícia Marítima, “a operação de resgate decorreu sem incidentes”. 

O animal, que terá nadado cerca de um quilómetro ao longo do canal norte do rio Sado, foi recolhido pela Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) e pela empresa responsável de transporte de animais. O momento insólito foi captado, através de um vídeo amador publicado no grupo de Facebook “Coisas de Setúbal”, e que já se tornou viral nas redes sociais. 

Esta não é a primeira vez que são denunciadas práticas de violência no transporte de animais vivos para consumo alimentar que embarcam no Porto de Setúbal. No dia 12 de maio, foi partilhado um vídeo que mostra situações de violência ocorridas no mesmo navio Uranus L. Nas imagens, os animais são arrastados pelas orelhas e levantados pelo pescoço. 

O animal foi avistado junto ao cais dos catamarãs de Tróia.

No seguimento desta situação, a PATAV — Plataforma Anti-Transporte de Animais Vivos lançou um apelo à população para que envie uma carta-modelo dirigida a Fernando Bernardo, diretor-geral de Alimentação e Veterinária.

O documento disponível online foi escrito pela PATAV e pede esclarecimentos ao DGAV, exigindo uma atuação firme das entidades de fiscalização e que obrigue as empresas de transporte a respeitarem a integridade física e mental dos animais. Até agora, a mensagem já tem mais de 800 subscritores. 

No próximo domingo, 14 de junho, é assinalado o Dia Internacional da Conscencialização Contra o Transporte de Animais Vivos. Por causa das restrições do novo coronavírus não irão realizar-se as habituais ações de rua. Ainda assim, a PATAV vai organizar eventos de sensibilização nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter, que incluem live acts e vídeos exclusivos com artistas convidados.  

Veja o vídeo do embarque do navio de transporte de animais Uranus L, que decorreu a 12 de maio. 

Violência no porto de Setúbal

No dia 12 de maio de 2020 assistimos a violência gratuita e inadmissível no porto de Setúbal, entre outros incumprimentos ao regulamento 1/2005.Envie e divulgue a carta-modelo que pode encontrar aqui: 👉 https://getmymsg.com/v/tbghg 👈Vamos acabar com isto !

Publicado por PATAV – Plataforma Anti-Transporte de Animais Vivos em Quinta-feira, 14 de maio de 2020

tags: DGAV, PATAV, polícia marítima, resgate, rio sado, setúbal, transporte de animais vivos

outros artigos de na cidade

mais histórias de Setúbal