na cidade

As trotinetas elétricas da Bolt já chegaram a Setúbal

Os 300 veículos estão disponíveis desde o dia 5 de junho. Conheça os detalhes deste projeto-piloto da autarquia.
O objetivo é incentivar o uso de veículos amigos do ambiente.

Os portugueses estão a aderir cada vez mais a opções de mobilidade elétrica para ajudar o ambiente e poupar dinheiro em combustível. O problema é que nem sempre é possível encontrar postos de carregamento nas cidades, o que se torna um problema para muitos condutores de carros elétricos ou bicicletas.

A pensar nesses casos, a Câmara Municipal de Setúbal lançou um projeto-piloto de trotinetas elétricas partilhadas para utilização individual da população nas suas deslocações urbanas, em parceria com a empresa Bolt. Os veículos ficaram disponíveis no passado sábado, 5 de junho, e várias pessoas experimentaram as trotinetas.

As trotinetas elétricas, disponibilizadas em várias zonas da cidade têm preços e condições especiais durante as duas primeiras semanas de funcionamento. Nesta fase, as viagens custam cinco cêntimos por cada minuto de utilização. O desbloqueio é gratuito.

O novo serviço de trotinetes elétricas encontra-se integrado na aplicação da Bolt, disponível para dispositivos móveis com sistemas Android e iOS, que pode ser utilizado para desbloquear a trotinete e iniciar viagem através da escolha de um ícone do serviço e apresentação do código QR do utilizador.

Esta fase experimental terá a duração de seis meses, período em que ficam à disposição as 300 trotinetas elétricas para aluguer, com a gestão dos equipamentos e a segurança dos utilizadores a cargo da empresa.

Por enquanto, os parques das trotinetas estão instalados na Avenida Luísa Todi, na zona nascente e poente, no Parque Urbano de Albarquel, nas praças de Bocage e do Brasil, no cais dos ferries, na Avenida 22 de Dezembro na zona do Convento de Jesus, na Loja do Cidadão próximo do Hospital de São Bernardo e na Avenida Rodrigues Manito.

Depois de usar a trotineta deve estacioná-la num sítio seguro na rua como, por exemplo, junto a parques para bicicletas. Ao final da noite, trotinetas são recolhidas e colocadas de novo ao início da manhã, pelas equipas da Bolt.

A autarquia explicou que “um dos principais objetivos desta medida é o investimento em modos mais ativos e sustentáveis em alternativa ao uso do transporte individual, em especial em deslocações de curta distância”.

Com esta medida, Setúbal é a terceira cidade portuguesa a receber as trotinetas Bolt, depois de Lisboa e Braga. As trotinetes têm uma velocidade máxima de 25 km/h. No entanto, se tiver menos experiência, é possível definir a velocidade máxima para 10km/h no modo “iniciante”.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA