na cidade

Apareceu este gato preto gigante num telhado da Praça do Bocage

A peça chama-se “O Gato e o Vento” e é da autoria do artista Ricardo Romero. Está em cima da Casa do Turismo de Setúbal.
A escultura foi instalada a 28 de abril.

Se já foi dar um passeio à Baixa, deve ter reparado no enorme gato preto instalado no telhado da Casa do Turismo de Setúbal, na Praça do Bocage. Assim que a escultura foi instalada no dia 28 de abril que começaram a ser partilhadas nas redes sociais várias imagens da peça, acompanhadas de algumas questões relacionadas com o autor. 

Depois de alguns dias em segredo, a autarquia revelou que a escultura em resina acrílica, com 3,80 metros de comprimento e 2,30 de altura, é da autoria do artista Ricardo Romero, do projeto Matilha Studio, conhecido por desenvolver trabalhos que juntam a arte urbana a causas sociais e animais.

A peça chama-se “O Gato e o Vento” e, segundo o artista, pretende chamar a atenção para a azáfama do dia a dia e a ausência de contemplação da arte. “As pessoas estão muito habituadas à estatuária clássica nas cidades. Olham para as coisas e não veem, não as apreciam. A vida pode ser vivida se a contemplarmos ao mesmo tempo”, explicou Ricardo na mesma nota.

Apesar de ter várias possibilidades interpretativas, a obra, acrescenta Carla Tavares, project manager de Ricardo Romero, convida a população a parar e a refletir sobre a correria que é a vida atualmente. 

No entanto, este não é o primeiro gato a aparecer no telhado de uma cidade. Ricardo Romero também já instalou um gato idêntico em Leiria. Na conta de Instagram do projeto Matilha consegue encontrar mais trabalhos, todos centrados em animais e causas sociais. 

Ricardo Romero foi também o autor da imagem da suite pet-friendly, do alojamento setubalense 34 GuestHouse, aberto desde agosto do ano passado, na Avenida dos Combatentes da Grande Guerra. No quarto Matilha dedicado aos patudos, a personagem central que surge na parede é o cão americano Remix the Dog, que tem conta no Instagram e é uma estrela nas redes sociais. 

A vista da Praça do Bocage. Foto: Município de Setúbal.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA