na cidade

Alerta, frio: esta semana, as temperaturas podem chegar aos 2 graus em Setúbal

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, os dias mais frios serão na quarta e quinta-feira. Veja as previsões.
Agasalhe-se bem.

O mês já vai a meio e o teletrabalho obrigatório chega ao fim depois de três semanas, o que significa que vai ter que voltar a sair de casa e enfrentar estes dias mais frios. É isso mesmo. Esta semana, as temperaturas mínimas vão descer e o nosso conselho é que não saia de casa sem um bom agasalho. 

Segundo as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), as temperaturas máximas vão andar entre os 15 e os 17 graus. Já as mínimas vão variar entre os dois e os quatro graus. Além do frio, o céu também vai andar escondido por nuvens altas na terça-feira, dia 18 de janeiro. As boas notícias é que não há previsões de chuva e o vento vai ser fraco, não ultrapassando os seis quilómetros por hora.

Os dias mais frios vão ser esta quarta e quinta-feira, 19 e 20 de janeiro, com as temperaturas mínimas a chegar aos dois graus. No caso das máximas, não vão passar dos 16 graus. O céu vai estar limpo e, por isso, é uma boa oportunidade para ir beber um chocolate ou vinho quente para se aquecer. 

O fim de semana também vai ser frio, com as temperaturas mínimas a aumentar ligeiramente. As máximas previstas são de 16 graus e o céu vai estar parcialmente nublado. 

O índice de radiação ultravioleta vai estar no grau 2, ou seja baixo, o que é normal nesta época do ano. Ainda assim, é recomendado que use uns óculos de sol para se proteger em dias de maior claridade e protetor solar 30+. Não estão previstos avisos meteorológicos para os próximos dias.

Nos dias mais frios é preciso ter especial atenção com os idosos. Deve assegurar-se que é mantida a temperatura corporal estável e evitar o contato com agentes infecciosos. A proteção das extremidades do corpo (usando luvas, gorro, meias quentes e cachecol) e calçado quente e antiderrapante são igualmente importantes, assim como a ingestão de sopas e bebidas quentes. 

No que diz respeito à proteção coletiva, a Proteção Civil alerta para os perigos dos aquecimentos com combustão (braseiras e lareiras), uma vez que podem causar “intoxicação devido à acumulação de monóxido de carbono e levar à morte”.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA