na cidade

Alegro Setúbal recebe mota da PSP feita totalmente de material reciclado

A exposição “Nós Reciclamos” teve como um dos objetivos a sensibilização da população para a preocupação ambiental.
A entrada é gratuita.

Se, em todas as partes do mundo, a população vivesse como os europeus, os recursos da Terra, para 2024, tinham sido gastos a 3 de maio, no “Dia da Sobrecarga do Planeta”. Um só planeta deixava de ser suficiente para sustentar e garantir o que precisamos para sobreviver. Mesmo com este cenário, Portugal alcançou melhores resultados do que em 2023.

Estes dados mostram que continua a ser urgente promover a preocupação ambiental, coletiva e individual, e a mudança de hábitos de consumo, com foco na sustentabilidade, na reutilização e na reciclagem consciente. Sob este mote, surgem várias iniciativas, como a exposição que vai estar patente no Alegro Setúbal, “Nós Reciclamos”.

Esta ação de sensibilização, iniciativa do Comando Distrital da PSP de Setúbal com parceria da Fundação Joana Vasconcelos, pode ser visitada de 20 a 30 de maio. “Com o objetivo de sensibilizar a população, através da arte e da criatividade, para práticas sociais sustentáveis como a reciclagem e a reutilização de materiais, contribuindo assim para a conservação e melhoria do meio ambiente, este concurso desafiou 57 instituições a criar uma mota da PSP, com recurso a material usado/reutilizado feita à escala real”, explica a organização.

De entre os participantes desafiados, estão miúdos, idosos e pessoas com necessidades educativas especiais dos concelhos de Setúbal, Almada, Seixal e Barreiro, num total de 1287 envolvidos. A exposição dos objetos construídos vai estar durante dez dias na Praça Bombordo do espaço comercial, gerido pela Nhood Portugal. A missão é “aproximar a comunidade da polícia”, mas também “sensibilizar para a conservação do meio ambiente”.

Recorde o artigo em que contámos tudo acerca da implementação da “Hora Silenciosa” no Alegro Setúbal, que foi pioneiro neste projeto, bem como da disponibilização dos abafadores de ruído e dos lugares de estacionamento prioritários para pessoas com perturbação do espectro do autismo. 

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA