na cidade

Acesso de carro às praias da Arrábida cortado a partir de 15 de junho

"Arrábida sem Carros" volta a limitar os acessos entre a Figueirinha e o Creiro durante a época balnear. As alternativas são os parques de estacionamento da cidade, SECIL e transportes públicos.
A medida está em vigor de 15 de junho a 15 de setembro.

A Câmara Municipal de Setúbal aprovou na reunião pública desta quarta-feira, 22 de maio, a interdição da circulação de automóveis nos dois sentidos entre os parques da Praia da Figueirinha e o Creiro, de 15 de junho a 15 de setembro. A medida, que entrou em vigor pela primeira vez o ano passado faz parte da Estratégia Municipal para a Mobilidade Segura e Sustentável para Todos nas Zonas Balneares de Setúbal. 

O objetivo da restrição dos acessos entre a Figueirinha e o Creiro é incentivar os utentes a utilizar os transportes públicos. Neste troço, a circulação vai ser permitida apenas entre as 8 e as 20 horas a veículos autorizados de duas rodas, transportes públicos regulares, táxis e similares, autoridades e viaturas de emergência.

A zona a partir do cruzamento de acesso ao Portinho da Arrábida também vai estar cortada ao trânsito automóvel no período entre as 8 e as 19 horas. Mas neste caso é possível fazer inversão de marcha junto da Casa do Gaiato se os parques estiverem lotados. Outro dos pontos onde não vai poder passar de carro este verão será no acesso à Praia de Albarquel, entre as 9 e as 18 horas.

Ao longo da EN 379-1, entre o Hospital do Outão e após o parque de estacionamento da Figueirinha e este ano, também do Creiro ao Portinho da Arrábida vão são colocadas barreiras físicas nas bermas da estrada para impedir o estacionamento abusivo. Tal como o ano passado, as alternativas à circulação passam pelos transportes públicos, parques de estacionamento de retaguarda da cidade e o hangar da SECIL.

Para a Figueirinha são asseguradas ligações diretas de autocarro, a partir das estações rodoviária e ferroviária, bem como do Alegro Setúbal. Já para a Praia de Albarquel há uma carreira com partida na Avenida Luísa Todi, junto à Casa da Baía. Para o Creiro há ainda uma carreira direta desde Brejos de Azeitão.

Em todas as carreiras são válidas as diferentes modalidades do novo Passe Único Navegante. As tarifas de bordo, que mudam consoante o destino escolhido não sofrem aumentos em relação aos preços praticados no ano anterior.

Em relação aos parques de estacionamento automóvel são mantidas as bolsas existentes em Albarquel, Figueirinha, Creiro e Portinho da Arrábida, bem como o hangar da Secil, que disponibiliza um vaivém de 20 em 20 minutos até à Figueirinha, com um custo de 1€ por passageiro. Na Figueirinha mantém-se a atual zona de estacionamento com 273 lugares.

O parque de estacionamento do Creiro passa a ser gerido pela Câmara Municipal de Setúbal e pela Associação Baía de Setúbal. Conta com uma tarifa diária única de 4€, valor definido pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

A Estratégia Municipal para uma Mobilidade Segura e Sustentável para Todos nas Zonas Balneares de Setúbal 2019 inclui ainda um conjunto de obras de melhoria de algumas infraestruturas públicas. No âmbito da promoção de modos suaves de acesso às praias está em fase de conclusão o passeio pedonal entre o Parque Urbano de Albarquel e a Praia da Albarquel. No plano de higiene serão disponibilizadas casas de banho públicas provisórias nas praias de Albarquel, Figueirinha, Galapos e Creiro.

tags: Arrábida sem carros, Creiro, Figueirinha, hangar da SECIL, parques de estacionamento, transportes públicos

outros artigos de na cidade

mais histórias de Setúbal