fit

O segredo de Vin Diesel para se manter com uma forma invejável aos 54 anos

O ator partilha as suas rotinas de treino, mas tem cinco mandamentos essenciais para quem se quer manter fit.
O ator continua bem ativo.

Foram muitos anos até aqui chegar. Vin Diesel — ou Mark Sinclair, segundo a sua certidão de nascimento — chegou a trabalhar em telemarketing e foi, durante vários anos, segurança de discotecas em Nova Iorque. Teve até uma primeira experiência falhada em Hollywood, que o obrigou a regressar a Nova Iorque. Tudo mudaria com uma segunda oportunidade que o próprio criou.

Falamos da curta-metragem “Multi-Facial” (1995), que produziu, escreveu, filmou e interpretou e que se tornou uma pequena surpresa em Cannes, ao ponto de lhe valer uma uma chamada de Steven Spielberg para participar em “O Resgate do Soldado Ryan”.

Quando chegou o século XXI, veio o papel enquanto Riddick e finalmente o de Dominic Toretto, na saga “Velocidade Furiosa”. Vin Diesel faz 54 anos este domingo, 18 de julho, e está de novo nos cinemas para mais um sucesso de bilheteiras.

Mas não foi fácil chegar ao estatuto de super-estrela e ao físico que deixa muitos jovens com inveja. Hoje em dia combina o toque bem humorado com o ar simultâneo de durão e amável. Mas em momento algum tem descurado o seu físico.

O ator, aliás, já fez mesmo a revelação: “treino há vários anos. Durante muitos anos foi mesmo a única coisa que me dava a sensação de satisfação”. Até podia ser útil para o seu então trabalho como segurança. Nova Iorque era uma cidade especialmente perigosa e os treinos de força e a pose musculada eram mais do que aparência para trabalhar na noite da cidade. O treino, no entanto, era (e é) algo mais do que isso. É acima de tudo um prazer. Um que o acompanhou na sua ascensão em Hollywood.

Pai de três filhos (Hania, Vincent e Pauline), todos com a companheira de há mais de uma década, a modelo mexicana Paloma Jimenez, o próprio ator brinca que nesta altura já se rendeu à sua barriga um pouco mais saliente, a típica barriga de pai. Os bíceps, no entanto, mostram-nos que continua bem ativo no ginásio — e mesmo a questão da barriga é em capaz de ser mais uma questão de expectativas exigentes do próprio. Afinal de contas não é qualquer um que chega aos 50 assim e a dar-se ao luxo de lhe chamar “dadbod” (barriga de pai).

Vin Diesel continua a ir ao ginásio várias vezes por semana e isso inclui feriados. A média revelada pela imprensa internacional anda à volta dos três dias de treino mais intensos no ginásio todas as semanas, que intercala com dias dedicados a atividades mais focadas na estabilidade e flexibilidade, como ioga ou Pilates

Entre os treinos mais musculados que tem revelado, há alguns acessórios que se destacam, como a roda abdominal, uma escolha para quem quer queimar gordura a mais e tonificar os músculos, que permite trabalhar ao mesmo tempo braços, costas e core abdominal.

Os seus treinos costumam começar com uma curta passagem de aquecimento pela passadeira, a que se segue trabalho de musculação. O “The Health Site” explica que parte da lógica de treino de Vin Diesel segue as linhas old school de quem faz bodybuilding. Mas o ator aposta em diversidade.

Não só o foco não é apenas na musculação como faz questão de trabalhar a parte cardiorrespiratória, tanto na bicicleta como na piscina. A bem da diversidade, é também fã de treinos de luta.

As artes marciais eram algo que já conhecia mas que foi durante as filmagens de “Velocidade Furiosa 7”, em 2013 (o filme sairia só em 2015) que subiu a parada. Na altura começou a treinar com um renomado instrutor de Muay Thai, Tony Jaa. No YouTube há imagens que dão conta dessa nova fase de treino e as melhorias de Vin Diesel e até o lado de aluno ainda capaz de, então já na casa dos 40, se deixar fascinar. “Shit. Damn, that’s good!”, ouvimo-lo a dizer a dada altura perante um pontapé em impulsão impressionante do instrutor.

Ao longo dos anos, no Instagram, onde conta com perto de 72 milhões de seguidores, o ator já partilhou as diferentes rotinas semanais de treino, indo ao detalhe de quantas repetições de abdominais, flexões, levantamentos de peso e tudo o mais costuma fazer.

É também ali que ao longo dos anos encontramos algumas sugestões alimentares. Percebemos que são opções cuidadas mas sem ser um regime propriamente restritivo. Verduras abundam, frutas são obrigatórias (a banana costuma ser uma das escolhas mais habituais, e não dizemos isto só pela foto lá de cima), há hidratos e geralmente a proteína de carne é sempre com carnes brancas. O próprio revela que com a idade foi ficando também mais consciente das suas escolhas nutricionais.

A agenda cheia nem sempre é amiga dos treinos mas o lado de ação que vemos nos filmes encontra credibilidade longe do ecrã. O ator mantém-se em forma e até sobe a parada do seu regime de treino quando se prepara para os seus papéis mais conhecidos.

Já teve momentos em que os holofotes foram implacáveis. Em 2015, depois do ano difícil pela perda do amigo, o ator Paul Walker, chegou a ser fotografado num hotel em Miami, de cigarro na mão e barriga bem saliente. Parecia outro. Mas o ator não se escondeu, como recorda a “BBC”. O próprio admitiu que não viveu uma boa fase, respondeu a quem procurou fazer “bodyshaming” às suas costas e antes de terminar 2015 voltava a mostrar-se bem fit. E isto ao mesmo tempo que teve a coragem de ser durão ao ponto de admitir as suas vulnerabilidades.

Não é fácil continuar em forma anos a fio, especialmente numa Hollywood onde há sempre um paparazzi à espreita. Mas o treino não é castigo. É algo que fazemos por nós próprios. E a este respeito ele até tem cinco mandamentos que podemos levar connosco para qualquer treino, independentemente do nosso físico e melhor ou pior forma.

Cinco mandamentos para treinar como o Vin Diesel:

— Mais do que intensidade, treina com inteligência

— Começa por ativar os músculos com uma primeira rotina de maior intensidade

— Arranja maneira de ter sempre algum tempo para treinar

— Aprende a gostar de treinar

— Olha para cada bom treino como uma vitória.

Ficam as lições. Já agora, uma pergunta para os fãs de “Velocidade Furiosa”. Sabe quantos carros é que a saga de “Velocidade Furiosa” já destruiu para fazer os filmes? Descubra mais no artigo da NiT.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA