fit

Neste workshop vai aprender a fazer doces de Natal saudáveis

Brigadeiros de cacau e frutos secos e pudim de coco são algumas das receitas propostas. Em versão light, claro.
Tudo para uma ceia de Natal saudável.

As luzes e decorações de Natal transformam esta época num período mágico do ano. Porém, a melhor parte da quadra natalícia, além de estar com a família, é comer todos aqueles doces da época. Como não queremos que estrague a dieta, temos a solução perfeita — e não passa por deixar de comer, calma.

O desafio é transformar os doces de Natal em versões saudáveis. Como? Com a ajuda de Sofia Fernandes, responsável pelo projeto O Meu Vegetariano, que vai dar um workshop. A sessão para aprender a fazer bolos e doces vegan para época festiva está marcada para o próximo dia 11 de dezembro, sábado, na Quinta do Anjo. 

Nestes workshops, os participantes vão aprender a fazer doces tradicionais com um twist mais light — como, por exemplo, brigadeiros de cacau e frutos secos, bolo de ananás caramelizado, pudim de coco com cobertura de chocolate e mousse de amendoim. A sessão decorre das 15 às 18 horas.

A inscrição custa 20€ e inclui um manual com as receitas e o lanche. Se estiver interessado em participar, pode inscrever-se no workshop até ao próximo dia 8 de dezembro, quarta-feira, através do email meuvegetariano@nullgmail.com. 

Sofia Fernandes começou a aprender as bases da cozinha tradicional portuguesa na adolescência com a sua avó. Apesar da paixão pela culinária, a setubalense, de 49 anos, tirou o curso de Comunicação Empresarial, Cultural e Relações Públicas, no Instituto Politécnico de Setúbal, enquanto trabalhava no Hospital de Setúbal na área administrativa.

Até ao início de 2000, Sofia fazia uma alimentação normal, ainda que já gostasse de ir a restaurantes vegetarianos.

“Nessa altura comecei por reduzir o consumo de leite e carne e senti-me bastante bem. Não sou fundamentalista, acho que cada pessoa deve fazer as escolhas alimentares com as quais se sente confortável e, no meu caso, achei que era o momento certo”, diz à New in Setúbal.

Quando mudou para uma alimentação vegetariana, Sofia teve alguma dificuldade em encontrar espaços que vendessem esse tipo de alimentos: “Sempre fui muito autodidata na cozinha e percebi que em Setúbal havia falta de oferta de opções vegetarianas, tanto em restaurantes como na área de formação. Por isso, em 2012, comecei por brincadeira a fazer workshops de cozinha vegetariana para a família e amigos e depois para o público em geral”.

Em 2014, criou o projeto Meu Vegetariano focado no ensino das bases da cozinha vegetariana, com o objetivo de inspirar mais pessoas a adotar este tipo de alimentação. Porém, o grande sonho de Sofia era abrir um restaurante vegetariano, onde pudesse partilhar as receitas com o público, o que veio a concretizar-se em 2017.

O espaço junto ao Jardim do Bonfim, em Setúbal, esteve a funcionar durante três anos. Ainda antes do primeiro confinamento, a responsável vendeu o restaurante e passou a dedicar-se à formação. A grande novidade deste ano foi o lançamento do site do projeto Meu Vegetariano no final de fevereiro.

Além do site, na última fase de confinamento, Sofia Fernandes criou um novo serviço: aulas individuais e personalizadas em casa dos clientes. Basicamente, as sessões são feitas à medida dos participantes. Ou seja, as pessoas podem escolher as temáticas e os pratos que querem aprender a confecionar (entradas, sobremesas, etc.).

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA