fit

Já abriram as inscrições para a caminhada do Dia da Mulher

Atualmente, além de serem vítimas de vários tipos de violência, as mulheres ganham cerca de 16 por cento menos que os homens.
Não falte.

“Este dia pretende celebrar os direitos que as mulheres conquistaram até ao dia de hoje, relembrando o caminho para a igualdade”. É assim que é apresentado, pela Eurocid, o motivo para assinalar 8 de março como o Dia Internacional da Mulher, conquista que remonta ao século XX. Embora, pela ONU, se celebre este dia desde 1975, só em 1977 é que viria a ser oficialmente reconhecido pela Assembleia Geral das Nações Unidas.

Segundo dados da Comissão Europeia, a violência e os estereótipos baseados no género continuam a existir. As mulheres continuam a ser vítimas de violência física e/ou sexual, a ganhar cerca de 16 por cento menos que os homens e representam uma baixa percentagem — cerca de oito por cento — dos cargos de presidente executivo de grandes empresas.

Em todo o mundo, continuam a ser defendidas as causas sociais, humanas e económicas e de igualdade de género. Para relembrar à sociedade que a luta continua, vai decorrer novamente, em Setúbal, a caminhada do Dia Internacional da Mulher, a 3 de março, pelas 10 horas. O ponto de encontro é no Polo da Anunciada do Centro Comunitário da União das Freguesias. Depois de um percurso pela Avenida Luísa Todi e PUA, a Praça de Bocage, por volta das 11h30, será o local onde se reunirão os grupos da União das Freguesias de Setúbal e freguesia de São Sebastião, instituições que organizam o evento.

A caminhada prossegue até ao Parque do Bonfim, às 12h30, para um almoço convívio onde estão previstas animações durante a tarde. Pode inscrever-se nos polos de Santa Maria e da Anunciada da Junta de Freguesia ou através de um formulário online. O evento está inserido nas celebrações dos 50 anos do 25 de Abril. 

Carregue na galeria para descobrir alguns trilhos que pode fazer pela Arrábida para conhecer as paisagens e ficar em forma. 

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA