cultura

Vem aí o festival EXIB Música Setúbal — e há 21 concertos gratuitos

A 5.ª edição do evento decorre a 13, 14 e 15 de junho, com espetáculos ao vivo em vários palcos da cidade.
Os mexicanos Caña Dulce Caña Brava atuam no dia 13 de junho, no Palco Praça do Bocage.

É já nos próximos dias 13, 14 e 15 de junho que Setúbal se vai transformar na capital da música ibero-americana. A V edição do EXIB Música Setúbal 2019 (Expo Ibero-Americana de Música), que pretende divulgar a cultura musical da América Latina — Espanha e Portugal traz 21 concertos, de entrada livre. Estão previstas atuações de 100 músicos de mais de 30 países diferentes espalhados por vários palcos da cidade.

Além do cartaz de concertos, um dos destaques do programa é a atribuição do primeiro Prémio EXIB para a música ibero-americana. A distinção reconhece o contributo da música ibero-americana no mundo.

Esta primeira edição do prémio fica marcada por uma homenagem a dois grandes nomes da música: Zeca Afonso e Mercedes Sosa. O pianista e compositor Manuel Obregón, natural da Costa Rica vai receber a Menção Especial Diversidade. Já o pianista, produtor e compositor brasileiro Benjamim Taubkin será galardoado com a Menção Especial Compromisso.

Ainda vão ser atribuídos o Prémio Impulso pela Red de Periodistas Musicales de Iberoamérica (REDPEM), que distinguirá o melhor artista entre os participantes do festival e o Prémio Artista do Ano (2018-2019). A cerimónia de entrega de prémios acontece a 15 de junho, sábado, às 20h30, no Fórum Municipal Luísa Todi. 

Outro dos pontos altos do EXIB Música é a realização do I Encontro sobre Gestão Musical e a Cidade. A conferência é no dia 13 de junho, quinta-feira, no Fórum Municipal Luísa Todi, sendo esta primeira sessão aberta ao público. As restantes palestras destinadas a profissionais do setor são na Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal.

A mostra de música ibero-americana arranca com a gala de inauguração a 12 de junho, quarta-feira, às 20 horas no Fórum Municipal Luísa Todi, onde vai atuar o grupo Companhia do Canto Popular. O novo projeto de música portuguesa é composto José Barros, fundador do Navegante, Manuel Tentúgal (Vai de Roda), José Manuel David e Rui Vaz (ex-Gaiteiros de Lisboa), Artur Fernandes (Danças Ocultas), Sara Vidal (Luar na Lubre), Manuel Rocha (Brigada Victor Jara), Rui Costa (ex-Silence 4) e André Sousa Machado.

Ao longo dos dias estão previstos 21 concertos gratuitos nos palcos Praça do Bocage, Casa da Baía e Coreto da Avenida Luísa Todi. A cada hora vai poder ouvir melodias de bandas e músicos de Portugal, Espanha e América Latina.

Veja o cartaz completo dos concertos dia a dia. 

13 de junho

13h30 — Concerto da banda de música popular portuguesa Marafona (Portugal), no Palco do Coreto da Avenida Luísa Todi.

17 horas — Concerto dos Músicas Afortunadas (Canárias), no Palco da Casa da Baía.

18 horas — Espetáculo dos Segue-me à Capela (Portugal), no Palco Praça do Bocage.

19 horas — Caña Dulce Caña Brava (México), no Palco Praça do Bocage.

20 horas — Anna Ferrer (Menorca), no Palco Praça do Bocage.

21 horas — Trio Ventana (Uruguai), no Palco Praça do Bocage.

22 horas — Juanjo Corbalán (Paraguai), no Palco Praça do Bocage.

23 horas — Seiva (Portugal), no Palco Praça do Bocage.

00h00 — Betsayda Machado e Parranda El Clavo (Venezuela), no Palco Praça do Bocage.

14 de junho

17 horas — Maria João Fura (Portugal), no Palco Casa da Baía.

18 horas — Magano (Portugal), no Palco Casa da Baía.

18h30 — Carolina Araoz (Perú), no Palco Praça do Bocage.

19h30 — Pulsos del Vento (Argentina), no Palco Praça do Bocage.

20h30 — Nahuel Jofré (Argentina), no Palco Praça do Bocage.

21h30 — Xosé Lois Romero e Aliboria (Galiza), no Palco Praça do Bocage.

22h30 — Cuarteto Karé (Argentina), no Palco Praça do Bocage.

23h30 — Ana Prada (Uruguai), no Palco da Praça do Bocage.

00h30 — Susana Travassos (Portugal), no Palco Praça do Bocage.

15 de junho

13h30 — Zanguizarra (Portugal), no Palco do Coreto da Avenida Luísa Todi.

18h30 — Diabo a Sete (Portugal), no Palco Praça do Bocage.

A apresentação pública do EXIB Música decorreu esta segunda-feira, 6 de maio, no Salão Nobre dos Paços do Concelho. No discurso de abertura, Maria das Dores Meira, presidente da Câmara Municipal de Setúbal sublinhou a “satisfação” da autarquia por receber a EXIB Música numa “cidade sem muros nem ameias”. 

“Para nós ter aqui esta iniciativa internacional, em que se mostra a música e os ritmos que nos são próprios e que se cruzam no grande emaranhado de influências é uma enorme honra, mas acima de tudo uma alegria”, acrescentou.

A sessão contou ainda com a presença de Ana Paula Laborinho, presidente da delegação portuguesa da Organização de Estados Ibero-Americanos para a Educação, Ciência e Cultura e de Adriana Pedret, diretora executiva do EXIB Música. Para mais informações, pode ver o site do evento.

tags: apresentação, concertos, EXIB Música Setúbal 2019, música ibero-americana, prémios, setúbal