cultura

Vêm aí mais dois concertos do ciclo Convento ConVida

O recital de Teresa da Palma Pereira e a atuação de ARS AD HOC são as próximas propostas do programa cultural do município.
Os eventos são na Igreja do Convento de Jesus.

O programa cultural Convento ConVida, criado pela Câmara Municipal de Setúbal, está de volta para uma nova temporada de concertos do música clássica. No dia 23 de setembro, quinta-feira, é a vez de o conjunto ARS AD HOC apresentar um concerto de música de câmara na Igreja de Jesus. A formação é um quarteto formado por Álvaro Pereira e Diogo Coelho, violinistas, Alive Vaz, violetista, e Pedro Vaz, violoncelista.

O evento seguinte é no dia 3 de outubro, domingo, com Teresa da Palma Pereira a dar um recital de piano onde vai interpretar Variações “Ah vous dirai-je maman”, Sonata N.º3 em si b Maior, KV281 [Allegro, Andante Amoroso e Rondo (Allegro)], de Mozart, “El Albaicin”, de Albeniz, e “Islamey”, de Balakirev. O evento começa às 18 horas e decorre na Igreja de Jesus.

Esta intérprete já recebeu várias distinções nacionais e internacionais, incluindo os primeiros prémios do Concurso Internacional Maria Campina e do Concurso Internacional para solista da Orquestra de Câmara de Bruxelas e os segundos prémios do II Concurso Nacional para Jovens Pianistas (Prémio Adriano Jordão) e do Concours International de Piano Altesse Royal Princesse Lalla Meryem, em Marrocos, presidido pelo pianista Dominique Merlet.

Teresa da Palma Pereira tem desenvolvido uma carreira enquanto solista, além de tocar em algumas das mais prestigiadas orquestras portuguesas, como a Orquestra Clássica de Espinho, a Orquestra do Algarve, a Orquestra do Norte e a Orquestra Sinfónica. Os bilhetes para cada espetáculo custam 5€ e estão à venda no Convento de Jesus/Museu de Setúbal.

O Convento de Jesus reabriu ao público em outubro de 2020, depois de várias obras de reabilitação. Tal como a New in Setúbal noticiou, estão agora disponíveis para visitas a Sala do Coro Alto, Sala do Capítulo, Sala da Roda, sala de exposição, os claustros e a Igreja do Convento de Jesus.

A Igreja do Convento de Jesus, com entrada pelo exterior do monumento, também foi reabilitada pela assinatura do arquiteto Diogo de Boitaca. O monumento é considerado o primeiro projeto arquitetónico de estilo manuelino em Portugal, com a característica de igreja-salão. O Convento de Jesus está aberto de segunda a sexta das 10 às 18 horas.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA