cultura

Teatro TOMA apresenta a peça “No Tempo das Caras Sérias”

Há sessões a 25 e 28 de abril em vários espaços da cidade. Já pode reservar bilhetes.
Um espetáculo para toda a família sobre a liberdade no nosso País.

Para assinalar os 45 anos da Revolução dos Cravos, o TOMA — Teatro Oficina Multi Artes apresenta a peça “No Tempo das Caras Sérias”, uma história com um final feliz sobre a liberdade no nosso País. Há sessões a 25 de abril, quinta-feira e 28, domingo, na Casa da Cultura, espaço Ecos e Bairro Gritos do Povo e dos Pescadores.

Inspirada no texto original de Ana Brito (Associação José Afonso), a produção fala sobre o período da ditadura, “o tempo das caras sérias, dos ouvidos moucos, das bocas caladas, em que as próprias ideias não podiam voar para fora das gaiolas que haviam dentro das cabeças”. Nessa altura destacou-se o cantor de intervenção Zeca Afonso, que através das letras das suas músicas passava mensagens políticas contra o regime.

A peça conta com as interpretações dos atores José Nobre e Micaela Castanheira. A primeira sessão do dia 25 de abril, quinta-feira está marcada para as 10 horas, no Bairro Gritos do Povo e dos Pescadores.

No mesmo dia, às 17 horas, no espaço ECOS Sons de Sentir, na Rua Camilo Castelo Branco há outra apresentação para miúdos, a partir dos três anos. Os bilhetes são 4€. Para inscrever o seu filho, tem de enviar um mail para ecos@nullsonsdesentir.pt. As vagas são limitadas. No domingo, 28 de abril, é a vez de a Sala José Afonso da Casa da Cultura receber outra sessão às 15 horas. Neste caso, a entrada é gratuita.

tags: "No Tempo das Caras Sérias", 25 de abril, Casa da Cultura, reservas, sessões, Teatro TOMA