cultura

Setúbal recebe exposição de fotografias inéditas de Michel Giacometti

A mostra de homenagem ao etnomusicólogo francês é inaugurada no próximo dia 4 de julho, sábado.
A abertura está prevista para as 15 horas.

O Museu do Trabalho Michel Giacometti em Setúbal vai receber uma nova exposição. A mostra “45 anos – Plano de Trabalho Cultura e Serviço Cívico Estudantil”, de homenagem ao etnomusicólogo francês Michel Giacometti, é inaugurada no próximo dia 4 de julho, sábado, às 15 horas.

A exposição fotográfica reúne perto de 50 películas, maioritariamente a preto e branco, que documentam o Plano Trabalho e Cultura, uma das ações do Serviço Cívico Estudantil. O Plano Trabalho e Cultura construído e supervisionado no terreno por Giacometti levou durante os três meses do verão quente de 1975 centenas de jovens em idade pré-universitária ao encontro de comunidades rurais e piscatórias do País.

Os objetivos principais passavam pela promoção da animação cultural e formação de associações e cooperativas, recolha etnográfica musical, literária, sanitária e material, constituída por instrumentos de trabalho.

Na sequência destas recolhas existem milhares de fotografias, objetos etnográficos e instrumentos agrícolas únicos, que fazem parte do núcleo museográfico fundador do Museu do Trabalho Michel Giacometti. A mostra está patente até 26 de setembro, de segunda a sexta-feira das 9 às 19 horas, e aos sábados entre as 14 e as 19 horas. 

Michel Giacometti nasceu em janeiro de 1929 em Ajaccio, na Córsega e foi criado por um tio que era funcionário colonial da rota do Império Francês. O etnólogo apaixonou-se por Portugal, onde viveu durante mais de trinta anos e se dedicou à investigação da música popular. Enquanto estudante, fundou várias revistas, esteve ligado a atividades culturais e foi poeta, crítico de arte, ator e diretor de uma companhia teatral.

tags: exposição, inauguração, Museu do Trabalho Michel Giacometti, setúbal

outros artigos de cultura

mais histórias de Setúbal