cultura

Salvador Sobral e Samuel Úria vão atuar no Festival Soam as Guitarras em Setúbal

Cláudia Pascoal é outro dos nomes confirmados na sexta edição do evento. Os bilhetes já estão à venda.
Samuel Úria sobe ao palco a 9 de abril.

A música vai estar em destaque na cidade logo no início do mês de abril, com o regresso do Festival Soam as Guitarras. A sexta edição arranca no dia 6 de abril, quarta-feira, e prolonga-se até ao dia 9, sábado. Durante o festival, a cidade vai encher-se de concertos que não vai querer perder.

O objetivo do festival é a promoção da guitarra e das cordas, nas suas múltiplas abordagens, em ambientes de grande proximidade com o público. O concerto de Salvador Sobral e os convidados André Santos e Manuel Rocha dá início ao festival no dia 6 de abril, às 21 horas, no Fórum Municipal Luísa Todi. 

Durante a digressão de apresentação do disco “bpm”, o cantor convocou o guitarrista da irmã para substituir o titular André Santos em certas datas ao vivo. A razão está no facto de apreciar o timbre do instrumento. Segundo as palavras de Salvador Sobral, “os dois representam mundos completamente distintos, com timbres e estilos diferentes, mas ambos muito musicais e emocionais”. Os bilhetes já estão à venda na bilheteira online e custam 15€. 

A programação do evento continua a 7 de abril, quinta-feira, com o espetáculo de pai e filho, Jorge e Vicente Palma. Os dois sobe ao palco do Fórum Luísa Todi, onde vão harmonizar vozes, guitarras e piano. O concerto tem início às 21 horas e os bilhetes também são 15€.  

Budda Guedes e João Cabeleira apresentam-se no dia seguinte, 8, às 21 horas, no Cinema Charlot ‒ Auditório Municipal para um concerto que junta duas gerações distintas de músicas. A encerrar o festival, no dia 9 de abril, às 21 horas, Samuel Úria leva “Canções do Pós-Guerra”, num concerto com a participação especial de Cláudia Pascoal. 

Os bilhetes para ambos os concertos no Cinema Charlot custam 10€ e podem ser adquiridos na bilheteira onlineO festival Soam as Guitarras 2022 é coorganizado pela Ghude e câmaras municipais de Setúbal, Oeiras, Évora e Póvoa de Varzim.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA