cultura

Produtor setubalense Dylantino lançou um novo tema sobre a violência doméstica

A New in Setúbal falou com o compositor sobre o single “Believe me Tonight”.
O músico tem 32 anos.

Tudo começou na Escola da Bela Vista, quando Fernando Cruz, conhecido por Dylantino, entrou em grupos de hip hop a fazer improvisos com apenas oito anos. O produtor setubalense, de 32 anos, confessa que também sempre adorou música eletrónica, por isso, decidiu inscrever-se no Curso Profissional de Instrumentista de Cordas e de Tecla, na Escola Profissional de Artes Performativas, no distrito de Aveiro.

Atualmente, Dylantino trabalha como DJ e produtor. O seu mais recente tema, lançado em maio, chama-se “Believe me Tonight” e é inspirado nas mulheres que sofrem de violência doméstica ou outro tipo de abuso.

“Este tema surgiu de experiências pessoais e sobretudo é uma homenagem a tantas mulheres que sofrem vários tipos de abuso em silêncio e têm receio de pedir ajuda”, explica o compositor à NiS. O trabalho já está disponível nas plataformas digitais. 

Antes da pandemia, a última vez que o Dylantino pisou um palco foi na Feira de Sant’Iago em 2019, como DJ. Nos períodos de confinamento, o produtor aproveitou para desenvolver as suas músicas. 

“Apesar de estarmos em isolamento, esse período foi das melhores alturas, porque deu para me concentrar mais em mim e no meu trabalho”, conta à NiS.

Dessa altura nasceu uma adaptação do famoso tema Rio Azul” lançado este ano. Esta versão contou com a participação do cantor brasileiro Sulleyman em parceria com Dylantino.

A Associação Setúbal Academy e apoio aos jovens do concelho

Além da música, Dylan é presidente da direção da Associação Juvenil Setúbal Academy, fundada em 2016. O projeto desenvolve várias atividades na comunidade local relacionadas com música, vídeo e cultura dirigidas a um público mais jovem.

Uma das iniciativas organizadas pela associação vai ser o festival Cine-Play, que decorre no novo Auditório Bocage, nos dias 16 e 17 de setembro.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA