cultura

Primeira edição do Festival FUMINHO encerra com um concerto de Rita Braga

O espetáculo da cantora e multi-instrumentista é no dia 18 de dezembro e vai decorrer em mais um spot secreto da cidade.
Os bilhetes já estão à venda.

Por causa da pandemia, milhares de espetáculos foram cancelados em Portugal, o que fez com que os músicos e a comunidade artística em geral passassem por dificuldades inesperadas. Com o objetivo de voltar a trazer música à cidade, foi criada a primeira edição do FUMINHO, o novo festival de música de Setúbal com um ciclo de mini-concertos em vários sítios secretos de Setúbal.

Este evento é organizado pela Experimentáculo que, entre 2010 e 2015, organizou o FUMO, que tinha como objetivo a promoção de locais de valor histórico e cultural de Setúbal, através de espetáculos musicais e não só. Este festival, que animou a vida cultural da cidade durante cinco meses, chega agora ao fim.

O espetáculo final da primeira edição do FUMINHO está marcado para o próximo dia 18 de dezembro, sábado, e será protagonizado pela artista Rita Braga. Tal com o aconteceu nos eventos anteriores, o concerto vai decorrer num local secreto e de valor histórico da cidade. O evento começa às 17 horas.

Rita Braga assume-se como multi-instrumentista e musicalmente poliglota, cantando em mais de dez línguas. Diz que se inspira em filmes clássicos, cabaret, pop e punk/new wave, com um universo sonoro comparado ao de Space Lady, Silver Apples e Bruce Haack, bem como ao de algumas figuras distintas do jazz dos anos 30, ou até mesmo bandas de pós-punk da década de 70 como The Raincoats.

O seu trabalho mais recente chega-nos em forma de disco e é o primeiro de longa duração em vinil da artista. Intitula-se “Time Warp Blues” (2020) e é “um portal para uma espiral de fantasmas e viagens no tempo, que evoca períodos históricos recentes e nos relembra do futuro distópico em que vivemos”.

Neste álbum, a artista criou diferentes personagens, atribuindo a cada uma uma canção e interpretando alguns temas em diferentes línguas como, por exemplo, português, japonês, finlandês e inglês. Os bilhetes para este espetáculo custam 10€ e podem ser reservados através do email festivalfumo@nullgmail.com. O concerto tem a lotação limitada a 20 pessoas. 

A primeira edição do FUMINHO decorreu entre agosto e dezembro de 2021. Fado Bicha, Tó Trips, Um Corpo Estranho, Luís Pestana e Rita Braga foram os nomes escolhidos para apresentar à cidade este novo festival de música em modo nómada, que percorreu e deu a conhecer vários locais de valor patrimonial e histórico de Setúbal.

O festival espalhou-se pela zona urbana da cidade e, até mesmo, pela serra da Arrábida. O primeiro concerto, em agosto, apresentou Fado Bicha, no terraço da Sociedade Musical Capricho Setubalense, que foi, no passado, o edifício que acolheu o primeiro hospital da cidade.

Seguiu-se Tó Trips, na misteriosa Lapa de Santa Margarida, na Serra da Arrábida, em setembro. Outubro trouxe-nos o duo Um Corpo Estranho, no terraço do Hostel Day Off, que foi, outrora, a sede do jornal “O Setubalense”. Novembro surpreendeu o público com Luís Pestana, na capela do Forte de São Filipe. Para acompanhar as novidades do cartaz do festival, pode consultar as páginas de Instagram ou Facebook do FUMINHO.

 

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA