cultura

O filme que junta Jennifer Lopez a Owen Wilson chegou à Netflix e já está no top

Lançada em 2022, a produção arrecadou cerca de 45 milhões de euros mundialmente — face a um orçamento de aproximadamente 20 milhões.
Os portugueses estão rendidos.

Owen Wilson já tem uma carreira mais do que estabelecida em Hollywood. Além de ter protagonizados alguns filmes de Wes Anderson, como “O Fantástico Senhor Raposo”, foi a estrela de inúmeras comédias, de “Zoolander” a “Os Estagiários”. O percurso de Jennifer Lopez é igualmente incrível e ainda mais versátil. Isto porque não é apenas um sucesso na música, como muitos pensam, mas também no cinema, com participação em longas-metragens como “Hustlers” ou “Romance Perigoso”.

Os talentos de ambos juntaram-se em 2022, ano em que protagonizaram “Marry Me: Fica Comigo”, que estreou quarta-feira, 10 de abril, na Netflix. Desde então, começou a subir no top da plataforma — atualmente é o quarto filme mais visto.

A premissa é bastante simples. Um casal de estrelas da música pop, Kat Valdez e Bastian (interpretados por Jennifer Lopez e Maluma), estão prestes a casar-se perante fãs de todo o mundo.

Só que poucos segundos antes de dizer o “sim”, Kat descobre que Bastian lhe foi infiel. Por isso, em vez de manter os planos, decide casar-se com Charlie (Owen Wilson), um estranho que estava no meio da multidão. Entre eles desenrola-se um romance cheio de altos e baixos e, claro, com muita comédia pelo meio.

No Rotten Tomatoes podemos ver que o filme realizado por Kat Coiro dividiu a opinião dos espectadores. Os críticos deram-lhe uma pontuação de 61 por cento. Já o público atribui-lhe uma avaliação média de 92 por cento. Lançada em 2022, a produção arrecadou cerca de 45 milhões de euros mundialmente — face a um orçamento de aproximadamente 20 milhões.

Carregue na galeria e conheça outras novidades de abril.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA