cultura

Nesta exposição vai conhecer a história das Marchas Populares de Setúbal

A mostra está no Museu do Trabalho Michel Giacometti, até 31 de dezembro, terça-feira.
A entrada é gratuita. Foto: CMS.

A exposição “Marchas Populares 2019”, inaugurada no passado domingo, 24 de novembro, no Museu do Trabalho Michel Giacometti revela os bastidores do tradicional concurso setubalense, com a exposição dos trajes, acessórios, objetos, coregrafias e alguns dos arcos. A entrada é livre. 

A mostra de longa duração, organizada pela Câmara Municipal de Setúbal, em parceria com as coletividades participantes na edição deste ano conta ainda com recursos audiovisuais e testemunhos escritos nas paredes, como frases, relatos de memórias e emoções vividas por quem se dedica à arte das Marchas Populares. Pode ser vista até ao dia 31 de dezembro, de terça a sexta-feira das 9h30 às 18 horas e ao sábado, entre as 15 e as 19 horas. 

“Calafate, o Cantador da Cidade”, com letra de Natália Abreu Laureano e música de Artur Jordão foi o tema escolhido pelo júri para ser a música oficial interpretada pelas oito coletividades participantes no concurso de 2019, que completou 30 anos de existência. A Sociedade Filarmónica Perpétua Azeitonense foi a grande vencedora das Marchas Populares de Setúbal 2019, que tiveram como padrinho o ator Fernando Luís.

Os desfiles das Marchas Populares decorrem sempre no mês de junho, na Avenida Luísa Todi e Praça de Touros. O evento celebra a tradição bairrista das coletividades do Concelho de Setúbal. 

tags: Câmara Municipal de Setúbal, exposição, Marchas Populares de Setúbal 2019, Museu do Trabalho Michel Giacometti, setúbal

outros artigos de cultura

mais histórias de Setúbal