cultura

Nesta exposição, as telas são feitas de materiais reaproveitados

A mostra “Ver a Partir de Dentro” está na Biblioteca Pública Municipal de Setúbal.
Pode ser visitada até 31 de agosto. Foto: Município de Setúbal.

“Ver a Partir de Dentro” é o nome da nova exposição de pintura de Jaime Duro, inaugurada na passada segunda-feira, 3 de agosto. A mostra está na Biblioteca Pública Municipal de Setúbal e reúne cerca de 50 pinturas com técnicas e suportes inovadores, tendo como base o reaproveitamento de materiais.

No recinto pode encontrar telas com paisagens urbanas e naturais, retratos e autorretratos, naturezas-mortas e outro tipo de composições pouco convencionais. Portas de antigos armários, pedaços de tábuas ou de madeira prensada são alguns dos materiais usados pelo artista Jaime Duro. Muitas das telas foram pintadas com os dedos e de forma impulsiva.

“Alguns trabalhos são feitos sobre telas de qualidade medíocre, que nalguns casos já estavam pintadas. O cartão pode ser um cartão qualquer, inclusive uma caixa. Trata-se em grande parte de materiais abandonados ou deitados fora, por vezes algo deteriorados”, explicou António Galrinho, curador da mostra.

A mostra organizada pela Câmara Municipal de Setúbal inclui algumas obras que aparentam estar incompletas e outras trabalhadas com mais tempo. Vai estar patente nos serviços centrais na Biblioteca Pública Municipal de Setúbal,  até 31 de agosto, segunda-feira. O espaço funciona de segunda a sexta-feira, das 9 às 12h30, e das 14 às 17h30. É obrigatório usar máscara no interior da galeria. 

Os quadros são à base do reaproveitamento de materiais. Foto: Município de Setúbal.
tags: “Ver a partir de dentro”, Biblioteca Municipal de Setúbal, Câmara Municipal de Setúbal, exposição, Jaime Duro

outros artigos de cultura

mais histórias de Setúbal