cultura

“Lucifer” já voltou à Netflix: não se esqueça das revelações do último episódio

A quinta e penúltima temporada fica concluída com estes oito episódios. Já estão todos disponíveis na plataforma de streaming.
Boas notícias para os fãs.

Desde o final de agosto que os fãs de “Lucifer” esperavam ansiosamente pela segunda metade da quinta (e penúltima) temporada da série. Esta sexta-feira, 28 de maio, chegou o dia: há oito novos episódios para ver na Netflix.

A história recomeça imediatamente após os acontecimentos — e as revelações — antes da pausa a meio da temporada. Deus é omnipresente mas está em Los Angeles, o que vai obviamente moldar bastante a narrativa de “Lucifer”.

Antes de ver os novos capítulos da história, o melhor é recordar alguns dados importantes. Quando vimos pela última vez este grupo de personagens, Lucifer e Chloe tinham-se finalmente juntado, o que foi certamente satisfatório para muitos fãs que já esperavam por este momento há algum tempo.

Vamos, então, às revelações chocantes. Amenadiel descobriu que o seu filho é humano. Linda encontrou a filha que deu para adoção há vários anos — que está a trabalhar como vendedora imobiliária em Los Angeles. Ella descobriu que está a namorar com um serial killer. E Dan percebeu que trabalha há anos com o Diabo.

Pelo meio, o gémeo maléfico de Lucifer, Michael, convenceu Dan a disparar sobre ele para salvar a sua alma — mas o protagonista afugentou as balas porque, lá está, não consegue ser magoado por bens materiais. Já Maze iniciou uma busca pela sua alma e aliou-se a Michael contra Lucifer. Afinal de contas, Lucifer mentiu sobre preservar eternamente a imortalidade da sua mãe no anel que usa todos os dias no dedo.

Entre todos estes acontecimentos caóticos, o próprio Deus — interpretado por Dennis Haysbert — apareceu em cena. Com o Pai em Los Angeles, todos os seus filhos prometem reagir, seja de uma forma ou de outra.

O episódio nono da quinta temporada — que é o primeiro dos novos — vai incluir um jantar de família bastante animado, com Deus e os seus filhos atribulados (entre outros familiares). É o principal acontecimento na narrativa abrangente da história.

Porém, e como sempre, cada episódio vai incluir um caso de homicídio que Lucifer vai ajudar a resolver. O do primeiro capítulo desta segunda metade da temporada acontece no Kingdom, um parque de diversões gerido pela família Peterson. 

A vítima, queimada e espancada, é Chris Peterson, um dos filhos adultos da família. Lucifer rapidamente projeta os seus problemas de irmandade para esta família terrena — já que os irmãos de Chris estão entre os suspeitos do crime.

Apesar de eles insistirem que eram uma família próxima e unida, o rival dos Peterson, Juan — que gere outro parque de diversões, chamado Hole in Juan — revela que Chris lhe pediu emprego na sua empresa, o que indiciava problemas e disputas no negócio familiar.

Após esta revelação, os vários membros da família Peterson começam a acusar-se uns aos outros. Até que um deles é detido após confessar o homicídio. Mas até ao fim do episódio vamos descobrir que a verdade não é bem essa.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA