cultura

“Jungle Cruise”: o novo blockbuster da Disney é inspirado numa das atrações da Disneyland

Dwayne Johnson e Emily Blunt protagonizam este filme que vai estar nos cinemas portugueses e na Disney+.
Dwayne Johnson e Emily Blunt são os protagonistas.

Foi há 66 anos que abriu na Disneyland da Califórnia o Jungle Cruise — trata-se de uma viagem de barco de sete minutos que simula a experiência de navegar por um rio numa paisagem exótica, seja na Ásia, na América do Sul ou em África. 

Tornou-se uma das principais atrações da Disney e acabou por chegar a outros parques: atualmente existe no Magic Kingdom, em Orlando, também nos EUA; na Disneyland de Tóquio, no Japão; e no parque de Hong Kong.

Tal como tinha acontecido com outras atrações populares — como é o caso de “Os Piratas das Caraíbas” ou “A Casa Assombrada”, entre outros — a Disney resolveu pegar no universo do Jungle Cruise e transformá-lo naquilo que a empresa melhor sabe fazer: um filme.

A ideia é antiga, e os primeiros planos para a adaptação terão mesmo começado em 2004, mas só agora se concretizou. “Jungle Cruise – A Maldição nos Confins da Selva” estreia esta quinta-feira, 29 de julho, nos cinemas portugueses. No dia seguinte, chega à plataforma de streaming Disney+ — mas só vai estar disponível por um custo extra de 21,99€. Apenas mais tarde irá ficar acessível para todos os subscritores.

Esta produção de aventuras e fantasia foi realizada por Jaume Collet-Serra e é protagonizada por Dwayne Johnson e Emily Blunt. A narrativa passa-se durante a Primeira Guerra Mundial. O capitão de um barco fluvial, Frank Wolff, transporta a cientista britânica Lily Houghton, e o seu irmão MacGregor, numa missão pela selva.

O objetivo é encontrarem a Árvore da Vida (que existe no Animal Kingdom da Disney), que se acredita que tenha poderes mágicos de cura que possam contribuir muito para a medicina moderna.

Enquanto buscam pela árvore, têm de enfrentar perigosos animais selvagens, um ambiente hostil e de altas temperaturas, e uma expedição alemã que está à procura da mesma árvore e que está determinada em encontrá-la primeiro do que os protagonistas.

Dwayne Johnson interpreta o capitão Frank Wolff, um homem astuto e cínico, embora nobre, com alguma relutância em aceitar esta missão. Emily Blunt tem o papel da cientista britânica Lily Houghton, excêntrica e aventureira, que está focada na sua missão. Jack Whitehall é MacGregor, o seu irmão mais novo e assistente, embora também relutante.

Edgar Ramírez faz de Aguirre, um mercenário que é o guia da expedição rival alemã. Jesse Plemons interpreta o Prince Joachim, um aristocrata alemão, líder da sua missão, ambicioso e ao mesmo tempo algo tresloucado. O elenco inclui ainda Paul Giamatti, Veronica Falcón e Dani Rovira, entre outros.

Para o filme, foi construída uma embarcação completamente funcional — “um barco a vapor frágil, mas com atitude”, como descreve Dwayne Johnson — e ainda uma segunda versão, afixada a uma plataforma giratória, que pudesse ser usada para acrobacias e movimentos específicos (como rodopiar, balançar para a frente e para trás e inclinar-se de lado).

Se está à procura de produções novas para ver, carregue na galeria para descobrir várias séries que estrearam recentemente.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA