cultura

Dia Mais Curto traz filmes grátis ao Cinema Charlot

As sessões do festival de curtas-metragens estão marcadas para o dia 21 de dezembro, sábado.
O festival começa às 16 horas.

No próximo dia 21 de dezembro, sábado, assinala-se o solstício de inverno, que é o dia mais curto do ano e Setúbal vai receber também o Dia Mais Curto do cinema, com a exibição gratuita de várias curtas-metragens, no Cinema Charlot — Auditório Municipal. Os filmes de Alice Eça Guimarães e Mónica Santos, Miguel Clara Vasconcelos e Regina Pessoa são algumas das propostas da iniciativa internacional de curta-metragem. As sessões do festival são para maiores de 12 anos. 

“Circo do Amor”, de Miguel Clara Vasconcelos, “Tio Tomás, a Contabilidade dos Dias”, de Regina Pessoa, e “Como Fernando Pessoa Salvou Portugal”, de Eugène Green são os outros filmes a exibir na sessão “Novas Curtas Portuguesas”, com início previsto para as 16 horas. 

Para assinalar o seu 20.º aniversário, a Agência da Curta-Metragem reuniu ​alguns dos filmes mais importantes destas duas décadas de atividade numa pequena retrospetiva, que é também uma viagem à história da curta-metragem portuguesa.

A sessão comemorativa “20 Anos da Agência”, a partir das 21h30 conta com as exibições de “Fuligem”, de Vasco Sá e David Doutel, “Amélia & Duarte”, de Mónica Santos e Alice Guimarães, “História Trágica com Final Feliz”, de Regina Pessoa, “A Brief Story Of Princess X”, de Gabriel Abrantes, “Viagem a Cabo Verde”, de José Miguel Ribeiro, e “Rapace”, de João Nicolau.

O evento decorre em 28 cidades portuguesas no fim de semana de 21 e 22 de dezembro e traz uma seleção de curtas-metragens, que sublinham a qualidade da cinematografia nacional e estrangeira, incluindo os filmes mais recentes estreados em festivais no mundo inteiro.

O Dia Mais Curto nasceu em 2011, em França e é celebrado em simultâneo em cerca de 40 países em todo o mundo. O ciclo “Novas Curtas Portuguesas”, composto por quatro filmes incluem-se “Entre Sombras”, ficção lúdica de Mónica Santos e Alice Eça Guimarães, que venceu dez prémios e menções honrosas e esteve nomeada este ano para os Césares franceses, na categoria de Melhor Curta-Metragem de Animação.

Além de Setúbal, o ciclo de cinema passa pelas salas de Almada, Amadora, Amarante, Aveiro, Barcelos, Braga, Caxias, Elvas, Faro, Guimarães, Leiria, Lisboa, Lourinhã, Madalena, Maia, Odivelas, Ovar, Porto, Sardoal, Tavira, Tomar, Torres Vedras, Vila do Conde, Vila Nova de Famalicão, Vila Real, Vila Verde e Viseu.

tags: cinema, Cinema Charlot, curtas metragens, Dia Mais Curto, entrada livre

outros artigos de cultura

mais histórias de Setúbal