cultura

Cine-concertos, sessões para família e workshops: vai ser assim o Film Fest deste ano

O evento chega à cidade nos dias 12 a 24 de outubro. Mão Morta Redux, Tó Trips e Space Ensemble são alguns dos convidados.
"Surdina", de Rodrigo Areias, vai ser musicado ao vivo por Tó Trips.

As sessões de cinema com música ao vivo estão de volta a Setúbal, de 12 a 24 de outubro, na terceira edição do Film Fest — Festival de Cinema Musicado ao Vivo. Mais uma vez, serão apresentadas bandas sonoras exclusivas, por alguns artistas convidados, como Mão Morta Redux, Tó Trips e Space Ensemble.

A apresentação da terceira edição decorre no dia 12 de outubro, terça-feira, no espaço d’A Gráfica com a exibição de “Convite à Viagem”, de Germain Dulac, musicado ao vivo por Sara Ribeiro e Alexandre Bernardo. A sessão de abertura do festival está agendada para o dia 14 de outubro, quinta-feira, às 21h30, no Fórum Municipal Luísa Todi, com a exibição de “Rapsódia Satânica”, de Nino Oxilia, musicado ao vivo por Mão Morta Redux com locução de intertítulos em português a cargo de Adolfo Luxúria Canibal.

No dia seguinte, a 15 de outubro, às 21h30, o Cinema Charlot recebe “Surdina”, filme de Rodrigo Areias, musicado por Tó Trips, enquanto a 16 de outubro, sábado, no mesmo espaço e horário, são exibidos “Disco 957” e “A Concha e Clérigo”, de Germaine Dulac, com música interpretada por Helena Silva.

As sessões cinematográficas musicadas ao vivo do Film Fest seguem no dia 20 de outubro, quarta-feira, igualmente no Cinema Charlot com “Um Piano Afinado pelo Cinema”, cine-concerto para escolas, com apresentações às 11 horas e às 14h30, com música ao vivo a cargo de Filipe Cardoso.

Já no dia 21 de outubro, quinta-feira, o festival regressa ao Fórum Municipal Luísa Todi com a exibição, às 21h30, de “Terje Vigen”, de Victor Sjöström, filme com música de Jorge Salgueiro e musicado ao vivo na principal sala de espetáculos setubalense pelo Coro Setúbal Voz.

Viagem a Marte”, filme dinamarquês de Holger-Madsen, passa no Cinema Charlot, a 22 de outubro, sexta-feira, pelas 21h30. A exibição deste filme, com música de Gonçalo Simões, é acompanhada ao vivo por Gonçalo Simões, Josefina Alcaide e Pedro Carvalho.

A 23 de outubro, sábado, há sessão dupla no Charlot, primeiro às 15 horas, com a apresentação do atelier “Sonorização do Cinema Mudo”, com música de Charlie Mancini e musicado ao vivo por Charlie Mancini e utentes da APPACDM de Setúbal. Depois às 21h30, passa o filme “Dentre”, musicado ao vivo por Joaquim Pavão, Xavier Marques e Isabel Pinto.

A exibição de “As Aventuras do Príncipe Achmed”, de Lotte Reiniger, a 24 de outubro, domingo, pelas 16h30, no Fórum Municipal Luísa Todi, com música e musicado ao vivo por Space Ensemble e locução de intertítulos em português por Célia David, do Teatro Animação de Setúbal, encerra o ciclo de exibições do Film Fest.

As entradas para as sessões do Film Fest custam 5€ para o público em geral e 4€ para menores de 25 ou maiores de 65 anos. Há ainda o passe Film Fest, que dá acesso a todas atividades, por 20€, até ao dia 30 de setembro. A partir de dia 1 de outubro, o passe tem o valor de 30€. Já a sessão família é gratuita para menores de dez anos, enquanto as sessões escolas e terceira idade têm entrada livre, mediante reserva através do email film.fest@nullmun-setubal.pt.

A terceira edição do Film Fest conta ainda com a oficina “Sonorização do Cinema Mudo”, nos dias 18 e 19 de outubro, nas instalações da APPACDM de Setúbal, promovida por Charlie Mancini. Pode consultar o programa completo do evento no site do Film Fest.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA