cultura

Banda setubalense lança álbum de estreia “Baby too many times”

A New in Setúbal falou com os músicos João Contente e João Silva sobre o projeto dos BAND’IT.
A banda participou no festival Música à Mostra 2019.

Os BAND’IT são uma das novas bandas jovens pop da cidade. O projeto dos músicos setubalenses João Contente (voz) e João Silva (guitarra) junta temas compostos pelos dois amigos, inspirados no seu dia a dia, dilemas emocionais, relações amorosas e de amizade.  

O primeiro álbum “Baby too many times” foi apresentado em novembro de 2019 no Convento de S. Paulo, em Setúbal. Ao todo, o trabalho produzido pelos BAND’IT e Sérgio Mendes conta com sete músicas: “Near”, “Messin”, “Broken heart”, “Fallin”, Wake up alone”, “Everyday” e “Ask me why”. Se quiser ouvir as músicas, o álbum já está disponível nas principais plataformas de streaming, como por exemplo o YouTube e Spotify.

Não vai encontrar o trabalho em CD, os músicos optaram por uma pen, um formato mais original e prático, que também está à venda na Livraria Uni Verso, junto aos Paços do Concelho, na Baixa de Setúbal. Custa 12€. Assim, vai poder ouvir o novo álbum no carro ou no computador, aprender as letras completas e guardar alguns documentos pessoais.

O lyric vídeo do single “Near”, que faz parte do álbum “Baby too many times” também está no YouTube. A música foi escrita pelos músicos setubalenses e produzida por Sérgio Mendes. O vídeo é da autoria de Miguel Aníbal e as ilustrações de Inês Gosa. O “Baby too many times” conta ainda com as colaborações de Nelson Freitas (bateria em “Everyday”) e Filipe Martins (contrabaixo em “Ask me why”).

Depois do grande concerto de apresentação, a New in Setúbal esteve à conversa com os dois músicos sobre o seu percurso musical. João Silva, 26 anos, é apaixonado por música e toca guitarra desde os 12 anos, mas também aprendeu baixo e piano.

João Contente, 22 anos, começou por ter aulas particulares de guitarra, tal como o amigo e também a tocar nos Escuteiros de São Paulo, em Setúbal, onde ambos se conheceram em 2008. “Começámos por tocar juntos nas atividades dos Escuteiros, e já nessa altura notámos a harmonia musical existente entre nós”, conta à New in Setúbal, João Contente.

Anos mais tarde, juntaram-se de novo com o objetivo de se tornarem iguais aos seus ídolos. “Eu já tinha cinco originais compostos por mim, em meados de 2017, e prontos a apresentar. A partir daí, começámos a ensaiar e as coisas foram surgindo naturalmente”, explica João Silva. 

“Não queríamos ser mais uma banda de covers, mas de originais escritos por nós. A ideia de o álbum ser numa pen foi para a que as pessoas poderem levar os BAND’IT sempre consigo”, acrescentam os jovens. Atualmente, as suas influências vão de Jonas Brothers e Ed Sheeran a John Mayer e Sting. A experiência de um coração partido partilhada pelos amigos da banda deram origem ao nome do álbum.

Além do concerto de apresentação do álbum, os BAND’IT estiveram presentes no Festival Música à Mostra, onde foram um dos projetos selecionados no concurso, em Setúbal e no Veggie Vibes, em Lisboa. Para acompanhar todas as novidades da banda, pode ver as páginas de Facebook e Instagram dos BAND’IT.

tags: "Near", “Baby too many times”, BAND’IT, banda, Convento de S. Paulo, lançamento, pop, setúbal

outros artigos de cultura

mais histórias de Setúbal